Anaya Peterson é uma jamaicana moradora do Reino Unido que resolveu tatuar uma parte peculiar do corpo: seu globo ocular. O que ela não esperava era que teria uma reação alérgica à tinta que a faria ser hospitalizada.

Foto: Reprodução/Instagram

A mulher de 32 anos acabou desenvolvendo uma doença ocular associada aos fluidos que afetam a parte central da visão. De acordo com a avaliação dos médicos, a inflamação ocular que não é tratada pode levar à cegueira devido à alta pressão nos olhos, o que configura um caso de glaucoma.

Anaya é estudante de direito e apaixonada por body modifications, modificações corporais, em tradução livre. Ela ja tinha a língua bifurcada (cortada ao meio), o cabelo pintado e diversas tatuagens.

Foto: Reprodução/Instagram

A mulher tatuou o globo acular na cor azul em julho de 2020 e, mesmo depois de sentir dores de cabeça e olhos secos no período de recuperação, decidiu pintar o olho esquerdo de roxo em dezembro do mesmo ano.

Foram-se meses para que o problema realmente desse sinais graves. As pálpebras de Anaya ficaram bastante inchadas e a condição só piorava. Ela recorreu a antibióticos e precisou ser internada na enfermaria de emergência do hospital.

Após três dias hospitalizada, o oftalmologista avaliou que risco dela contrair glaucoma é muito alto. Anaya já se queixa de visão embaçada e dificuldades de enxergar feições à distância. A mulher diz se arrepender do procedimento.

Com informações de Catraca Livre

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui