Jhon Lennon é um garotinho de 9 anos que teve uma surpresa desagradável com o presente que recebeu do “Papai Noel dos Correios 2022”.

Na sua cartinha feita à mão, o pequeno pedia “…quero muito ganhar uma bola, uma chuteira e uma camisa do Flamengo”. Porém, o presente foi decepcionante.

Foto: Redes sociais

Junto de seus três irmãos mais novos, Jhon ficou super feliz quando o carro dos Correios passou para deixar os presentes na casa de sua avó, no bairro Vila Cidade Morena, região sul de Campo Grande.

Somente a cartinha de John havia sido escolhida e, ainda assim, o único presente não foi motivo de festa. Ao abrir o pacote, o menino se deparou com um dos itens que havia pedido: uma chuteira, porém era usada e estava destruída.

Foto: Redes sociais

“Ele pediu a chuteira e tinha uma chuteira toda descolada, velha, sem palmilha, com número maior que o dele, sem condição de uso”, afirma Rosa Maria, tia do garoto.

A reação da criança, como esperado, não foi positiva: “Na hora que ele abriu, ele ficou triste. Ficou sem palavras, entristeceu. Foi de cortar o coração”, comenta a tia. “Ele ficou sem reação, porque até eu não sabia o que falar para ele”, lembra a mãe, Bruna Batista.

Felizmente, muitas pessoas se solidarizaram com a história de John e o menino foi presenteado com o uniforme completo de seu time do coração.

Foto: Redes sociais

Ao g1, os Correios fizeram uma nota oficial sobre o caso e informaram que este se tratava de um caso isolado. Leia:

“Os Correios estão acompanhando o caso, que se trata de uma situação isolada. Inclusive, a empresa teve conhecimento de pessoas que se sensibilizaram e fizeram doações para a criança e sua família.

A empresa esclarece que é responsável por receber, triar e disponibilizar as cartas para adoção, bem como por receber e entregar os presentes. Para tanto, como amplamente divulgado, a campanha conta com o apoio voluntário e o bom senso das milhares de pessoas que se dispõem a adotar uma cartinha.

Os padrinhos são orientados a comprar presentes que atendam, na medida do possível, o pedido da criança.

Mais de 6 milhões de cartinhas já foram adotadas nas mais de três décadas de campanha. Só em Mato Grosso do Sul, mais de 7,5 mil crianças receberam presentes neste ano. Em Campo Grande foram mais de 5 mil. Cerca de 800 pedidos não foram adotados. O prazo para adoção de cartinhas da Campanha Papai Noel dos Correios em Mato Grosso do Sul encerrou no dia 16/12″.

Com informações de g1

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui