Beatriz Faria é uma mulher de acabou perdendo a vida aos seus 65 anos, depois de participar de um ritual religioso na tentativa de encontrar uma cura para depressão. Conhecida por seu jeito espontâneo, ela deixou filhos e netos.

Foto: Reprodução/Record TV

O caso aconteceu em Vila Velha, no Espírito Santa. A idosa participou de um ritual em que precisava deitar sobre um lençol branco e ser banhada de cachaça.

As investigações ainda não descobriram se se o fogo foi um acidente ou se fazia parte do trabalho. Além da mulher, o líder espiritual e o filho da aposentada  também acabaram feridos.

Foto: Reprodução/Record TV

Foi o filho de Beatriz que sugeriu que a mãe participasse de um trabalho de cura espiritual depois de percebeu que ela estava depressiva.

A família da mulher relata que foi o líder espiritual quem acendeu o fogo perto de Beatriz. Porém, para a Polícia Militar, quem fez isso foi o filho da vítima.

Foto: Reprodução/Record TV

Ainda de acordo com o parentes da vítima, Beatriz teve 70% do corpo queimado. Ela chegou a ser socorrida e levada para a UPA de São Miguel da Barra, mas não resistiu.

Com informações de R7

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui