A família real possui ligações descendentes com diversos países europeus. O rei Charles III, inclusive, já afirmou ser parente do conde Drácula, originário da Romênia.

“A genealogia mostra que sou descendente de Vlad, o Empalador”, disse o monarca britânico à ABC News.

Foto 1: HENRY NICHOLLS/POOL/AFP
Foto 2: DOMÍNIO PÚBLICO

Vlad, o Empalador, também conhecido como Vlad Tepes, inspirou o romance de 1897, ‘Drácula’, de Bram Stoker. O ex-príncipe da Valáquia ficou conhecido por ter sido cruel com os inimigos e tê-los empalado.

Uma de suas batalhas mais conhecidas aconteceu em 1462, onde deixou um campo cheio de milhares de vítimas empaladas.

Mais de 530 anos depois, em 1998, o atual rei Charles III descobriu que tinha ligações com o governante romeno.

A descendência foi confirmada no livro The British Chronicles, escrito por David Hughes. “Também não é segredo que o príncipe Charles gosta muito da Romênia, especialmente da região da Transilvânia. Foi depois de sua primeira visita à Transilvânia, em 1998, que ele descobriu sua ligação com Vlad, o Empalador, uma conexão que ele é aparentemente muito orgulhoso”.

Além disso, Charles III possui várias propriedades na Transilvânia, o que reforça o parentesco com Vlad, o Empalador. A tataravó de Elizabeth 2ª, a condessa húngara Klaudia Rhedey, também nasceu e foi criada no local.

 

Com informações de R7

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui