Neste último domingo (28), Rosyneide Almeida Cordeiro teve seu carro foi roubado em Caricica, no Espírito Santo. Junto do veículo, estava a cadeirinha de seu filho, Cauã, de 4 anos, que precisa do equipamento para sequelas motoras, devido a uma encefalite.

O mais curioso do caso é que o veículo foi devolvido pelos ladrões e reencontrado na terça-feira (30), com um bilhete deixado pelos capangas.

De acordo com a família, a cadeirinha adaptada de Cauã custa cerca de R$ 17 mil e quando souberam do roubo do carro, a perda do equipamento foi uma de suas maiores preocupações.

Na nota deixada pelos ladrões, eles escreveram: “O crime pede perdão. Na hora da tenção [sic] não deu pra ver o problema da criança. E o carro tá sendo devolvido. Tanque cheio!!!”.

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Em um depoimento à TV Gazeta, Rosyneide afirmou que aceitou o pedido de desculpas dos criminosos. “Eu perdoo, porque eu precisava demais dessa cadeirinha, eu preciso demais desse carro”, disse ela.

Antes de ter o carro devolvido, a família chegou a fazer um apelo por meio das redes, a fim de reaver o carro e a cadeirinha.

O roubo aconteceu quando Rosyneide estava chegando em casa, junto de Cauã e sua outra filha, de 9 anos. “Fiquei desacreditada do ser humano no momento em que aconteceu”, afirmou.

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

“Quando peguei esse bilhete, eu fiquei até feliz de saber que eles têm compaixão pela dor do outro.”, completou.

A Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) continua a investigação do caso, mas nenhum suspeito foi detido. O veículo permanece no pátio do Detran.

Com informações de Catraca Livre

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui