María é uma garotinha que acompanhava seu pai no trabalho todos os dias. A menina usava um pedaço de papelão para estudar e sua história acabou ganhando grande notoriedade nas redes sociais.

A menina estudava sentada na calçada, debaixo do um pedaço de papelão para se esconder do sol e fazer uma mesa improvisada. Essa história aconteceu na cidade de Trujillo, no Peru.

Facebook: Ozone Television

Era a partir das 7 horas da manhã que María e seu pai saíam de casa. Ele, para trabalhar lavando carros e ela, para colocar seu estudo em dia.

Mesmo com toda a dificuldade que passavam, o homem sempre estimulava a menina aos estudos e, por isso, improvisou a mesinha para ela.

Facebook: Ozone Television

A situação chamou a atenção de um dos clientes do pai de María, que gravou a cena e compartilhou nas redes sociais. Ele pediu ajuda para outros internautas, procurando contribuições.

Foi assim que muitas pessoas conheceram e se emocionaram com a história da menininha e, graças à rápida repercussão, não demorou muito para que a ajuda necessária chegasse até eles.

A Sociedade Benevolente de Trujillo foi em busca de María e de seu pai para lhes dar a oportunidade de que precisavam. A menina recebeu uma bolsa de estudos que lhe permitiu entrar na escola, com direito à uniforme e todo o material escolar. Ela ainda não estava inscrita no sistema educacional e finalmente poderá iniciar sua formação.

Facebook: Sociedade Benevolente de Trujillo

Já seu pai encontrou um emprego melhor, ele será um segurança na mesma escola que acolheu María. Eles continuarão sendo uma dupla incrível, mas agora em condições bem melhores.

“Também estamos apoiando o papai, ele ganhou um emprego aqui mesmo, para poder cuidar da menina, ficar perto dela, e vai ser nosso vigia da escola”, disse o representante da escola, Hermanos Blanco.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui