Na última quarta-feira (13), Gretchen fez um desabafo chocante em suas redes sociais. A cantora expôs alguns comentários que vem recebendo de seus vizinhos e os acusou de xenofobia e violência psicológica.

Ela chegou a mostrar algumas das mensagens que recebeu, que diziam coisas como: “Teu lugar não é aqui”, “volta para a sua cidade”, entre outras.

Foto: Reprodução Instagram/@mariagretchen

Gretchen, que é nascida no Rio de Janeiro, considerou os comentários que vem vivenciando como episódios de xenofobia e revelou gostar bastante de onde mora atualmente. “Sabe o que isso se chama? Xenofobia”, disse ela.

“Eu vou continuar no Pará, vou continuar no Jurunas. E as pessoas que não gostam de mim, sinto muito. Os incomodados que se mudem. Porque eu vou continuar morando na mesma casa, no mesmo lugar, no mesmo bairro. Porque falam assim: ‘aí não é bairro para você! O bairro do Jurunas é assim mesmo!’ Não, minha gente, o bairro do Jurunas é uma delícia, eu moro no centro da cidade, consigo ir para todos os lugares que eu preciso super rápido, me locomovo para o meu cabeleireiro, para o supermercado, para a minha depilação, aquela casa foi construída do jeito que eu gosto”, começou.

Foto: Reprodução Instagram/@mariagretchen

“Eu sou cidadã, sou cidadã paraense, sim, aprovada pela Câmara, não importa que demorou dois, três dias, um mês, um ano, mas eu fui aprovada como cidadã paraense. É um título que você, que escreveu isso, não vai poder me tirar, e tenho muito orgulho de ser cidadã paraense. Muito! Faço questão de divulgar esse estado para todos os lugares do Brasil, porque tenho orgulho do Estado que eu moro, orgulho do bairro em que eu moro. Então não é assim, não é A, B ou C que vai dizer o que eu devo fazer da minha vida, eu vivo e moro onde eu quero, eu escolho viver onde eu quero, eu pago os meus impostos como todos”, continuou a artista.

A cantora também acrescentou que pretende recorrer à justiça, caso a situação continue desta forma. “Vou ter que ir à delegacia do idoso e denunciar o incômodo que estou sofrendo, a violência psicológica que estou sofrendo”, disse.

Antes dos comentários feitos online que foram expostos pela cantora, ela já havia falado sobre supostos ataques verbais que tem recebido na vizinhança onde mora, em Belém, no Pará.

Com informações de Vagalume

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui