Gabi Brandt foi assunto muito comentado na mídia e nas redes sociais depois de mostrar sua fatura do cartão de crédito no valor de R$ 377.719, 90.

Depois de receber muitos comentários maldosos sobre o assunto, a influenciadora digital, que ficou famosa ao participar do reality “De Férias com o Ex”, fez um vídeo para esclarecer a situação.

“Eu não gasto isso todo mês. Na verdade, esse valor só foi revelado porque eu estava em uma live conversando com o pessoal e alguém me pediu um pix. Eu até falei: ‘gente, se vocês soubessem a fatura que eu tenho que pagar, vocês não estariam me pedindo pix'”, explicou a influenciadora nos stories do Instagram.

Foto: Reprodução/Instagram

“O pessoal começou a insistir muito para eu falar o valor, eu relutei um pouco, mas no fim falei porque insistiram muito. O pessoal começou a fazer um super babado em cima disso.”, continuou.

Foi na terça-feria (5), que as imagens da fatura do cartão de crédito de Gabi foram compartilhadas pela criadora de conteúdo digital Yanka Barreiros, que brincou com a situação.

Porém, a repercussão não foi positiva e muitos internautas a criticaram. Por isso, Brandt explicou ao seus fãs e seguidores que o valor alto da fatura é uma excessão e que não gasta assim todo mês.

Foto: Reprodução/Instagram

Ela também contou que viajou muito nos últimos meses, e que a compra das passagens de uma viagem para a Disney ficou sob a responsabilidade dela.

“Fiquei responsável por organizar a viagem, então a compra das passagens foi toda no meu cartão. Não significa que eu paguei as passagens de todo mundo. Não foi isso”, disse.

“Nas outras viagens que a gente fez eu cheguei a comentar que o cartão do pessoal não estava funcionando fora do Brasil, o meu era o único que estava. Então tudo o que a gente gastou foi no meu cartão. Tanto hotel, coisas nas lojas. Não só pra mim, como pra outras pessoas. Está tudo bem. Também não fui eu que paguei a fatura inteira. Ninguém gastou no meu cartão e largou para eu pagar tudo.”

Foto: Reprodução/Instagram

Internautas também relacionaram os gastos da influenciadora com a desigualdade social do país. “Eu ajudo muita gente, mas por que não postar? Se não posta, não fez. Se posta, fez isso para se promover. Então prefiro que achem que não faço do que acharem que estou me promovendo em cima de alguma situação.”, disse ela sobre o assunto.

“Mas ajudo muita gente e não estou falando que isso me faz ser uma pessoa melhor. Não faço mais que minha obrigação. Eu, como uma pessoa com mais condição, a minha obrigação é ajudar outras pessoas. Mas não fico postando aqui por causa do óbvio. Só queria esclarecer, porque a galera está achando que gasto isso todo mês e não tem nem como.”, completou.

Com informações de G1

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui