David Steverson é um homem britânico de 32 anos que atualmente mora na Espanha e não teve uma boa experiência com encontros amorosos que começaram por aplicativos de namoro.

Ele usou suas redes sociais para contar sobre dois casos que vivenciou, onde chegou a viajar 1,8 mil quilômetros para encontrar as pretendentes que, no fim, lhe deram um ‘bolo’.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ambos os encontros aconteceriam na Inglaterra e David pegou até avião para tentar a sorte no amor. No primeiro caso, ele conta que trocou mensagens durante meses, mas a mulher parou de respondê-lo assim que ele chegou no aeroporto de Bristol.

“No momento que eu pisei na Inglaterra de novo, ela ficou em silêncio. Pousei em solo britânico e nada. Fiquei puramente desapontado. Você investe tantas horas da sua vida nessa pessoa, fazendo ligações, enviando mensagens e tudo mais”, contou.

Mesmo com essa decepção, David não perdeu a esperança e continuou a procurar uma companhia. Assim, ele conheceu outra mulher inglesa, com quem conversou por algumas semanas, até decidir viajar para encontrá-la pessoalmente.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

“Eu mandei uma mensagem para ela no começo da manhã para dizer que tinha acabado de chegar ao aeroporto. Não tive resposta. Ainda assim, entrei no avião. Quando eu saí da aeronave, ela me mandou uma mensagem para dizer que estava com covid-19 e que aquele não era ‘o melhor momento'”, desabafou.

David contou que não acreditou na versão da mulher porque ela tinha conversado com ele no dia anterior e não mencionou nada sobre estar doente.

Apesar das duas derrotas, o rapaz afirma que não vai desistir de procurar o amor e contou que, depois de contar suas histórias nas redes sociais, recebeu mensagens de apoio de muitos internautas.

Com informações de UOL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui