Essa história foi divulgada nas redes sociais pela chefe do Centro de Comunicações Estratégicas e Segurança da Informação, Lyubov Tsybulskaya, neste sábado (5).

Uma ucraniana, que mora em Kiev, capital do país, estava na varanda de sua casa fumando até que percebeu um barulho estranho em torno de sua residência. Preocupada, pensou que poderia ser algum tipo de animal, mas se desesperou quando notou que se tratava de um drone, provavelmente russo.

Foto: Pixabay

A mulher não hesitou em agir e logo atingiu o objeto com um pote de tomates que tinha em casa. E acertou em cheio!

“Eu estava com medo. E se eles começassem a atirar em mim?”, justificou a mulher ao canal de TV Kanal 5.

Na reportagem, a moradora foi chamada de Elena, nome fictício criado para proteger a sua identidade.

Lyubov Tsybulskaya é especialista em detectar fake news e confirmou a veracidade da história. “Nossa mídia encontrou aquela senhora. A história está provada. Com uma pequena correção: foi TOMATE em conserva.”, declarou ela que antes havia dito que era um pote de pepinos.

Já Elena, acredita que o drone monitorava a casa dos moradores e provavelmente seria usado por saqueadores que procuravam apartamentos abandonados na Ucrânia.

Ela disse ainda que se recusa a deixar sua residência, mesmo com o risco de ser vítima dos ataques russos. “Não vou a lugar nenhum. Esta é minha casa, minha terra. Vou ficar de pé e lutar.”

Com informações de R7

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui