Durante as buscas por sobreviventes da tragédia em Petrópolis, uma cachorrinha trouxe um pouco de esperança para os moradores e foi resgatada no Morro da Oficina, que deslizou após as fortes chuvas que atingiram a Região Serrana do Rio.

Cadela é cega e idosa, mas foi resgatada com vida em um morro que desabou em Petrópolis
Foto: Giulia Ventura/Metrópoles

A cadela é idosa e cega e foi resgatada dentro de uma casa abandonada por uma família que tentou se salvar da tragédia. O Grupo de Resgate de Animais em Desastre retirou o animal na manhã desta quinta-feira (17).

A cadelinha preta não foi a única que recebeu ajuda, outros três cães também foram resgatados próximos ao local. Carla Sassi, a coordenadora do Grupo de Resgate de Animais, disse que pelo menos 20 cães ainda precisam ser resgatados, mas estão em locais de difícil acesso.

Cadela é cega e idosa, mas foi resgatada com vida em um morro que desabou em Petrópolis
Foto: Giulia Ventura/Metrópoles

 

 

A situação é extremamente difícil para todos e além dos obstáculos, os animais sentem muita sede e fome. Nesta quarta-feira 916), outro cãozinho foi encontrado por moradores e voluntários em meio aos escombros do Morro da Oficina.

 

Até então, foram registradas 117 vítimas fatais do desastre e pelo menos 116 pessoas seguem desaparecidas, de acordo com a Delegacia de Descoberta de Paradeiros do Rio.

Foto de capa: Giulia Ventura/Metrópoles

Com informações de Metropoles

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui