O novo sucesso  da Netflix é o documentário ‘O Golpista do Tinder’, que estreou no dia 02 de fevereiro (última quarta-feira) e já está nos mais populares do Brasil. A produção conta a história de um golpista israelense que enganou várias mulheres através de aplicativos de relacionamento.

Foto: Reprodução Netflix

O homem utilizava um esquema de pirâmide e chegou a tirar mais de 10 milhões de dólares das vítimas. Ele as conquistava, mantinha um relacionamento à distância e dizia que era muito compromissado, um homem de negócios e, extremamente rico.

Até que um dia ele enviava vídeos e mensagens que mostravam ele em “perigo” por conta do trabalho que exercia. Era nesse momento em que ele pedia o cartão de crédito da namorada para não ser rastreado e, óbvio, prometia que ia devolver o dinheiro, o que nunca acontecia.

O documentário mostra todos os detalhes do caso e das técnicas do golpista. Seu nome verdadeiro é Shimon Hayut e nasceu na cidade de Bnei Brak, que fica próxima a Tel Aviv, em Israel. Na internet, ele se passava por Lev Leviev, um herdeiro e magnata de diamantes.

Foto: Reprodução

O sucesso do documentário era inesperado, mas felizmente chega a ser didático para as pessoas que usam frequentemente os aplicativos de relacionamento. O filme é também um alerta a respeito do uso desses apps para golpes.

A produção mostra também a manipulação emocional que Hayut aplicava em suas vítimas e o excesso de confiança que as mulheres ofereciam. ‘O Golpista do Tinder’, quando assistido pela primeira vez pode até parecer uma história fictícia, mas quando buscamos mais sobre o assunto percebemos que histórias como essa estão muito mais perto do que imaginamos.

Apesar de todos os cuidados, a internet ainda é um terreno fértil para golpistas e estelionatários que estão esperando apenas uma oportunidade para atacar.

Confira o trailer:

Com informações de MSN

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Não por acaso “orar e vigiar ” é a senha da blindagem de proteção, para não se cair em tentação, seja ela qual for, porque não apenas “a carne é fraca” mas o espírito costuma ser, também, e “quando a cabeça não pensa, o corpo é que padece” para aprender a lição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui