Richie Anne Castillo é uma jovem filha de um homem com Síndrome de Down e para comemorar os 50 anos de seu pai, ela decidiu escrever uma carta muito emocionante onde expressa todo o orgulho que sentiu dele durante sua vida, apesar de todos os preconceitos que tiveram que enfrentar.

Em seus primeiros anos de vida, Richie sofria bullying na escola, justamente por dizerem que seu pai era “diferente”. A jovem demorou muito tempo para entender tudo o que acontecia e os motivos pelos quais aquilo era frequente. Hoje, Richie é uma jovem adulta, e consegue processar melhor tudo o que viveu.

Na carta de aniversário, em um post do Facebook, Richie Anne começa: “Quero que o mundo inteiro saiba como você é lindo por dentro e por fora”.

“Pai, levei muitos anos para criar coragem para enfrentar todo mundo, porque não é todo mundo que entende a verdade,  porque é muito confuso. Eu não entendia porque eles zombavam de mim e me chamavam de anormal. Compreendi isso mais tarde e me tornei uma covarde. Mas você merece mais do que a filha covarde que eu sou. Você merece amor, compreensão, paciência e aceitação como qualquer pessoa com síndrome de Down deveria. Aqui estou preparando uma homenagem de aniversário porque nunca fiz uma coisa dessas. Você merece muito mais”, continuou ela.

Richie continuou falando sobre a força e a coragem que seu pai demonstrou ao longo de muitos anos através dos vários procedimentos médicos pelos quais ele teve que passar. “Durante a maior parte de sua vida, você permitiu que os médicos colocassem agulhas em você, cirurgias aqui e ali, uma vida inteira em diálise e uma longa lista de limitações. Mas você raramente reclama”.

Além disso, a jovem mencionou que esses procedimentos médicos foram muito avassaladores para ela e ela chorava constantemente porque doía ver seu pai passar por tudo isso. Por outro lado, ela mencionou que estava arrependida e lamenta não ter estado mais disponível para ele durante todos aqueles momentos difíceis.

“Pai, nenhuma quantidade de palavras pode resumir o quanto sinto por ter sido uma filha ausente. Me desculpe por não ter te trazido à praia com mais frequência, por não ter levado sua comida favorita ou por não ter visitado você com mais frequência do que deveria. Se há uma coisa de que me arrependo, é esconder você da minha vida porque ainda sou a mesma garota que tinha medo de sofrer bullying. Mas eu te amo mais do que você jamais poderia saber, papai você me inspira”, concluiu em seu post.

A carta da jovem emocionou muitas pessoas, justamente pela sinceridade de suas palavras e muitos internautas também destacaram admiração pela jovem ao reconhecer alguns erros que ela teve, mas que está disposta a corrigir por causa de seu enorme amor pelo pai.

Com informações de Nation

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Ainda bem que deu tempo, Richie, porque ele ainda está presente. Nunca é tarde, querida, pra gente passar a limpo o rascunho e escrever a mensagem verdadeira. Ainda bem pra ele e pra você.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui