“Ser bonita não é um privilégio”, disse Caro Thompson sobre sua aparência, que já lhe trouxe problemas com outras mulheres e o assédio nas ruas em muitas ocasiões. Sua confissão gerou rejeição nas redes sociais por ser “superficial”.

Cada mulher vive suas próprias lutas e enfrenta problemas que os outros podem não suportar. No entanto, existem opiniões ou reclamações que podem ser irritantes quando são percebidas como “superficiais” ou “exageradas” aos olhos dos outros.

A jovem Caro Thompson foi vítima disso. Ela tem sido o foco de uma polêmica nas redes sociais depois de ter postado um vídeo onde dizia os problemas de “ser bonita”. Mas, como esperado, seu problema não fazia sentido para muitas pessoas.

Foto: Reprodução

No vídeo, a jovem argentina resolveu fazer um desabafo para explicar porque considera que “é uma merda ser bonita”, uma revelação que desencadeou muitas respostas negativas e reações contra ela.

“As meninas invejam você e não há pior inimigo para uma mulher do que outra mulher”, disse a jovem em seu vídeo, onde também descreveu cenas de assédio nas ruas e lamentou que “os homens fazem de tudo para que você baixe a guarda”.

Por outro lado, no mesmo vídeo, ela esclareceu que, “ser bonita não é um privilégio, não é uma vantagem”. Em vez disso, significa “ficar nervosa o dia todo”, já que no passado ela foi vítima de homens que se aproveitavam dela.

Sua descrição das mulheres como suas piores inimigas foi uma das opiniões que gerou polêmica e gerou uma série de comentários de mulheres contra ela nas redes sociais. A maioria deles esclareceu que seus inimigos não são mulheres, mas sim o sexismo.

“99% de tudo que você falou aqui te acontece só por ser mulher e morar em uma sociedade sexista”, escreveu um usuário.

Embora a jovem não tenha voltado a falar sobre o assunto, sua revelação não foi esquecida e continua gerando debates nas redes. O que você acha sobre isso? Conta pra gente!

 

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

4 COMENTÁRIOS

  1. O conceito de beleza é muito relativo e até “quem ama o feio, bonito lhe parece”. No seu caso específico, querida, o seu “problema” já tem dia pra acabar, quando a velhice chegar pra você, trazendo a queda de dentes e cabelos, artrite, artrose, rugas e as inevitáveis pelanquinhas que certamente serão um novo problema pra você, colega, se não tiver armazenado os valores reais e impereciveis no coração junto com a alegria de ter feito todo o bem possivel ao semelhante, sentindo a dor dele, sendo empatica e altruísta, amiga e irmã dos que sofrem no Caminho, as perdas e lutos que você nem imagina o quanto doem de verdade. Por enquanto, você é apenas bonita ou pelo menos se acha, apenas isso.

  2. Realmente ser bonita não tem tanta vantagem, quando vc recebe um promoção no trabalho por exemplo, todas falam, ah claro que ia conseguir, “é concurso de beleza!” Ou então quando faz algo errado no trabalho recebe essa resposta: “isso que dá contratar as pessoas boa boniteza!” E quando sai a noite e encontra “as amigas”, que quando te vê já faz aquela cara de “Aff lá vem ela!” E ficam te olhando de cima em baixo e te cortando! E não adianta até depois de velha vai continuar sendo assim! Então vamos fazer amizade com outras pessoas bonitas tbm que garanto que será mais verdadeiro! 😉

  3. Pode ser um problema sim, na época em que vivemos, a era das aparências.. em que tudo gira em torno de perfeição física. Inclusive as pessoas podem interpretar mal um desabafo como este. Não é meu caso, mas tem.exemplo em minha família de uma parente que sempre foi linda e teve sempre uma vida complicada, por ser invejada em todos os lugares. Muitas vezes não é um privilégio, mas uma desvantagem. Infelizmente há muita ignorância espiritual neste mundo.

  4. Compreendo e concordo completamente com ela. Passei por isso na minha adolescência e juventude.
    Algumas amizades me machucaram profundamente…
    Pessoas que vc não tem laços afetivos, podem até te machucar…mas, vc supera mais facilmente.
    Cheguei a me boicotar… desejei ser invisível…. não gosto de me maquiar ou de usar roupas “chamativas” até hoje.
    Agora já madura, ainda luto com essas sombras do passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui