Muitas vezes os sentimentos são bem difíceis de serem colocados para fora, principalmente para crianças, pré-adolescentes e adolescentes. Sendo assim, as relações familiares acabam sendo afetadas pela falta de compreensão de ambos os lados: tanto dos pais, como dos filhos.

Por isso, é muito importante que as mamães, papais e responsáveis tenham iniciativa e conversem com seus filhos sobre todos os sentimentos, desde os bons até os ruins.

Iniciar essa conversa pode ser bem difícil, por isso é importante ter bons pontos de partida. Fernanda Mappa é uma psiquiatra infantil e presidente do capítulo do Espírito Santo da Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil (Abenepi) e separou diversas produções que serão adequadas para esse momento.

“Os curtas-metragens trazem mensagens por meio de metáforas que não necessariamente a criança vai entender, mas vale assistir junto com ela e depois conversar sobre o assunto”, diz.

Confira!

#1 Piper (Classificação: Livre)

‘Piper’ é um curta-metragem da Pixar que foi vencedor do Oscar de 2016. A produção trata da importância da criatividade e sobre como é necessário lidar com as adversidades da vida com resiliência. Nem sempre precisamos estar certos, mas é sempre bom ser verdadeiro e ter a capacidade de refletir sobre os erros. Além disso, o passarinho Piper é um bom exemplo de independência e pode ajudar as crianças a se familiarizar com essa nova fase.

#2 O Presente (Classificação: Livre)

‘O Presente’ é uma animação emocionante que trás a mensagem de que todos nós temos nossas diferenças, que necessitam ser respeitadas. Não há muito o que dizer por aqui, vale assistir e se preparar para uma grande emoção. Uma história linda de amizade!

 

#3 Happiness (Classificação: 16 anos)

Happiness (2017) é um curta-metragem criado pelo ilustrador e especialista em animação Steve Cutts. A produção causa uma reflexão profunda sobre a busca da felicidade e reconhecimento do contexto social e econômico que estamos inseridos. São diversas metáforas que criticam, por exemplo, a falta de respeito ao próximo – que, sem que se perceba literalmente no cotidiano, gera a falta de amor-próprio. Essa é uma opção para assistir com os filhos mais velhos (Classificação indicativa 16 anos)!

#4 Festa nas nuvens (Classificação: Livre)

 

“Festa nas nuvens” é um curta dirigido por Peter Sohn, e reflete sobre as diferenças e a preocupação com o próximo. O senso de missão e companheirismo se destacam nessa história de amizade. O diretor do curta-metragem disse algo muito importante para que possamos entender melhor: “Gus (a nuvem) ama aqueles bebês. Eles precisam de jacarés, de porco-espinhos no mundo e ele ama o que faz. Ele apenas não quer ferir seu amigo porque sabe que os bebês são perigosos. O curta se trata na verdade sobre quão difícil são os relacionamentos e sobre mantê-los”.

#5 Trabalho em equipe (Classificação: Livre)

‘Trabalho em equipe’ é um curta simples e gracioso que pode ser um incrível exemplo para as crianças sobre como o o trabalho em grupo é fortalecedor e as relações são importantes.

 

A lista com “14 curtas que nos ajudam a falar com os filhos de sentimentos e valores” está na Canguru News. 

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui