William Reed é um avô e fisiculturista que viu cores pela primeira vez somente aos 66 anos, graças à um presente que recebeu de sua família.

Foi em 2017 que Reed teve a sorte de conhecer o colorido, depois de uma vida inteira vendo tudo em preto e branco devido à acromatopsia, um daltonismo grave que impede seus olhos de distinguir as cores.

Por se tratar de uma doença sem cura ou tratamento, esse pai de família passou a maior parte de sua vida sem saber como eram as cores. No entanto, tudo mudou após seu aniversário de 66 anos, quando ele teve uma grande surpresa.

Seus entes queridos queriam lhe dar o melhor presente de sua vida: As lentes EnChroma, que permitem que pessoas com a mesma condição de Reed finalmente apreciem as cores. Não foi barato nem fácil de conseguir, pois podem custar mais de US$ 450. No entanto, neste caso valeu cada centavo.

Quando colocou o óculos, Reed não acreditou no que estava vendo e sua família filmou sua reação em um vídeo que logo se tornou viral nas redes sociais. E não é à toa, é muito emocionante!

O homem não podia acreditar no que estava vendo pela primeira vez e chorou de emoção. Ele tentava olhar em todos os lugares e procurar mais cores para distingui-las. Com certeza, foi um dos melhores presentes de aniversário que recebeu. Confira o vídeo:

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui