O cachorrinho que apareceu neste vídeo, como muitos outros cães, é um exemplo de companheiro extremamente fiel. Ele foi visto nos corredores do Hospital del Carmen, localizado na cidade de Santiago, no Chile.

Conforme relatado pelas enfermeiras e funcionários do centro de saúde, o animal está vagando pelo local há vários dias, enquanto chora inconsolavelmente. Os trabalhadores também contaram que os gritos do animal se intensificam à noite.

Foto: Reprodução Youtube

Os funcionários acreditam que o pequeno está procurando seu dono. O cãozinho também chegou a ser visto entrando de quarto em quarto, como se procurasse alguém no prédio, mas não teve sucesso.

Infelizmente, nem médicos, nem enfermeiros, nem a administração sabem quem seria o dono do bichinho. Não se sabe se o tutor do cão está internado em um quarto do hospital ou se já teria morrido.

Um dos funcionários do Hospital del Carmen, decidiu gravar um vídeo do cãozinho chorando nos corredores e divulgá-lo pelas redes sociais, para tentar descobrir o paradeiro do dono do cachorro.

No vídeo, você pode ver como o peludo uiva tristemente, enquanto a enfermeira se aproxima para confortá-lo.

O registro comovente teve grande alcance, aparecendo inclusive nas notícias do país. Por enquanto, o cachorrinho ainda está nas dependências do hospital, e a equipe está esperando seu dono ou dona aparecer e ter o tão esperado reencontro.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Inconcebível que o pobre cãozinho esteja nessa situação há dias (!), sem que o tenham encaminhado a um lar provisório, enquanto se procura o provável tutor que pode ter falecido no Hospital, pode estar sedado em tratamento ou ter sido abandonado por qualquer pessoa. Inacreditável que o cãozinho perambule dentro de um Hospital, uivando inconformado e sem nenhum acolhimento, e ainda perturbando os doentes ali internados que, óbvio, precisam convalescer em paz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui