João Rafael Piccin é um menino de 4 anos que recentemente teve que se despedir de um grande amigo: seu cãozinho chamado Valente. Ele mora em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, e convive com mais 11 cães resgatados da rua.

Foto: Reprodução/Instagram @joao_e_os_vira_latas

Sua mãe, Ana Pezzi, formada em medicina veterinária, oferece lar temporário para cães resgatados. Em entrevista ao Amo Meu Pet, Ana contou que alguns cães com comportamento complicado acabam ficando na família.

“O Valente era pra ser lar temporário, mas logo vi que ninguém ia querer adotá-lo porque ele não se aproximava de nenhuma pessoa. Comigo foi uma luta de uns 2 anos. Quando o João nasceu, achei que ele fosse pirar com o choro, mas não, pelo contrário, ele se aproximou”, explicou.

Foto: Reprodução/Instagram @joao_e_os_vira_latas

“Logo que o João começou a falar, brincar e berrar eu fui ensinando que perto daquele cão não dava. Ele respeitou o Valente sempre, então não tinha medo nenhum daquela criança. Foi química”, acrescentou Ana.

Com seus 12 anos, o cãozinho Valente acabou desenvolvendo um tumor na boca. “Fizemos tratamento por 1 ano e 2 meses. Só que ele não se alimentava mais, tinha muita dor e precisamos eutanasiar”, ressalta.

Foto: Reprodução/Instagram @joao_e_os_vira_latas

“João sentiu muita falta, chamava ele e procurava pela casa, aí li que a criança na idade dele não entende a morte, então usamos a ‘estrela’. Contamos que agora ele não tem mais medo das pessoas e pode chamar ele sempre que olhar no céu”.

No vídeo que viralizou nas redes, o menino aparece apontando para uma estrela e perguntando se aquele é seu cachorrinho que faleceu há dois meses.

“Aquele é o Valente?”, pergunta ele. “É, aquele lá!”, responde sua mãe Ana Pezzi no vídeo.
“Oii Valente. Oii”, fala João enquanto faz um “tchauzinho” para o céu.

A mãe, então, pede para o menino contar ao Valente que está com saudade. “Eu tô com saudade. Eu tô com saudade de você”, diz João.

“Há quase 2 meses o Valente partiu, mas a gente sempre dá um ‘oi’ quando a noite está estrelada”, diz a legenda da publicação.

“Ele me pergunta se o Valente vai voltar sempre, aí digo que lá o Valente não tá mais doentinho, então tá mais feliz. Parece que ele entende, porque não insiste e nem chora”, finaliza a mãe comovida.

Confira o vídeo emocionante.

Com informações de Amo Meu Pet

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Não apenas seu cão era valente, João; voce também, merecendo que o Valente volte pra você, após o merecido descanso dele, com outra cara e outra cor de pelo; mas você vai revonhece-lo, com certeza…e ele também.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui