A pequena cachorrinha chamada Millie roubou o coração de milhares de pessoas depois que sua história se tornou conhecida.

Ela é uma cadela que passa as tardes catando lixo em Hereford, na Inglaterra. A peluda foi treinada por seu dono, Alfie Kiston, de 80 anos, que considera importante cuidar do meio ambiente.

Foto SWNS

Tudo começou quando Alfie e sua esposa, Judth, moraram na Espanha. Foi ali que treinaram seu adorável bichinho de estimação para pegar o lixo com a boca e jogar na lixeira.

A inspiração para o treinamento veio de quando os dois visitaram a província de Málaga e viram o cachorro de um soldado que recebia ordens perfeitamente. Assim, eles tentaram fazer o mesmo com Millie, e tiveram sucesso.

Foto SWNS

A habilidade de Millie só ficou melhor com o tempo e sua inteligência permitiu que ela aprendesse mais e mais. Quando eles se mudaram para a Inglaterra, 18 meses atrás, a cachorrinha já sabia até como separar o lixo de acordo com a classificação, para que pudesse ser reciclado.

“Obviamente, as preocupações ambientais são um problema agora, então se pudermos ajudar a limpar o lixo e o plástico da rua, estaremos fazendo a nossa parte para ajudar.”, disse Kiston.

Foto SWNS

Para Millie começar sua reciclagem, basta que ela receba o pedido de seu dono e coloque o lixo na lixeira indicada. Os donos da pequena confessaram que reciclar já se tornou uma de suas atividades favoritas.

Foto SWNS

Millie entrou na vida dos dois depois que eles a adotaram sentindo que sua casa estava vazia. “Ela não é apenas parte da família: ela é a família e estamos felizes em poder mostrá-la a outras pessoas, pois ela é realmente uma cadela incrível”, disse Alfie à People.

Os tutores de Millie não poderiam estar mais orgulhosos do amor e apoio que seu animal de estimação oferece ao meio ambiente.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Se por um lado é maravilhoso o trabalho de Millie, muito preocupante o contato direto dela com as porcarias da cidade. Tutores bem intencionados e simpáticos os “papais” de Millie mas se fosse meu cão, decididamente, NÃO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui