A jornalista argentina Agustina Kämpfer e seu amigo, o chef Agustín Badaracco, tiveram um filho fruto de uma sólida amizade. Embora fosse por concepção natural, a mãe garante que nunca mais ficaram juntos e que criam o filho apenas como amigos.

Hoje as famílias são diversas e isso é comemorado. Não existe mais aquela velha ideia de que os filhos deveriam vir ao mundo graças a um pai e a uma mãe, que deveriam ser casados e ter a permissão dos pais. No entanto, em meio a toda essa diversidade, pouco se ouviu de amigos que decidiram ter filhos juntos.

Embora seja algo que não soe tão louco, e que até funcione muito, a verdade é que precisamos ler depoimentos de amigos que realmente tiveram filhos juntos e viveram para contar. É o caso de Agustina Kämpfer e seu amigo, o chef Agustín Badaracco.

Foto: Instagram @agustinakampfer

Em 2017, a jornalista argentina causou curiosidade em seus conhecidos ao dizer que estava esperando o primeiro filho, pois na época não estava namorando e havia acabado de romper um relacionamento. Porém, depois de todo o mistério em torno do pai de seu bebê, Agustina decidiu revelar que era seu melhor amigo.

Foto: Instagram @agustinakampfer

Ambos desejavam ser pais, mas nenhum deles encontrou o parceiro ou o momento certo para ter um filho. Até que se encontraram novamente e tomaram a decisão:

“Eu e Agustín éramos meio namorados na adolescência, mas eu o considerava mais meu amigo do que meu namorado porque ele era fugaz e inocente. Ao longo de todos esses anos estivemos sempre em contato (ele mora no México) e tivemos muitos relacionamentos… Nos falávamos e compartilhamos tudo. Temos muito em comum. A reunião foi no final de janeiro, quando voltei da Índia e ele veio visitar sua família. Foi entre o mágico e o inesperado porque falamos em ter um filho, mas sem acreditar que ia acontecer tão rápido”, contou Agustina.

Foto: Instagram @agustinakampfer

“Foi por concepção natural , movida pelo desejo de que ambos tivéssemos um filho. Nunca fomos um casal, nunca seremos um casal. Com o Agustín só estivemos juntos para ter um filho, uma vez”, completou a mãe.

 

Atualmente, ela e Agustín compartilham a formação de Juan e se consideram uma família como outra qualquer: “Somos uma família de dois amigos que decidiram ter um filho juntos, com todo esse amor. (…) Só exigimos que sejamos os melhores pais do mundo”.

Uma linda família formada do amor!

 

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui