Kelli Taylor fez uma publicação comovente em sua conta no Twitter e atingiu milhares de internautas. Seus pais estavam passando por um momento difícil quando sua mãe, Phyllis, atingiu os estágios finais de demência.

A demência, chamada de transtorno neurocognitivo maior ou ligeira na DSM-V, corresponde a uma alteração progressiva de áreas do cérebro, resultando em alterações da memória, comportamento, linguagem e personalidade, interferindo diretamente na qualidade de vida da pessoa. Geralmente, é associada ao envelhecimento.

Foto: Arquivo Pessoal Kelli Taylor

No entanto, mesmo não se lembrando de tudo o que eles viveram juntos, a mulher nunca parou de se sentir segura nos braços de seu querido marido. Por isso, ela sempre se deitava e adormecia em seus braços. Em um desses momentos, Kelli os fotografou, registrando uma cena terna.

“Meus pais estão casados ​​há 34 anos. Minha mãe está nos estágios finais de demência de início jovem (diagnosticada há 5 anos aos 53 anos). Meu pai cuida dela em tempo integral”, escreveu Kelli na legenda da linda fotografia.

Foto: Arquivo Pessoal Kelli Taylor

“Você nem sempre se lembra do nome dele, mas sabe que está segura com ele. Se isso não é amor verdadeiro, não sei o que é”, acrescentou.

Esta fotografia foi tirada em abril de 2018 e gerou uma reação solidária de muitos usuários. Infelizmente, a mulher faleceu apenas um mês depois, conforme sua filha publicou em 29 de maio daquele ano.

Foto: Arquivo Pessoal Kelli Taylor

“Foi uma jornada longa e dolorosa, com muitas perdas ao longo do caminho, por isso estamos aliviados por ela não estar mais sofrendo. Mas isso não alivia a dor dessa derrota final. Estou com o coração partido. Eu não posso acreditar que não sou mais capaz de segurá-la”, escreveu Kelli.

 

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui