Esse caso ocorreu na cidade de Carlos Paz, na Argentina quando um aluno de colégio foi a escola vestindo saia depois de ser proibido de comparecer nas aulas de bermuda.

O problema é que a cidade está vivendo uma onda de calor. De acordo com a mídia local, a temperatura na região tem ultrapassado os 35ºC.

Seu nome é Arturo Umberto Illia, e o jovem chegou a pedir autorização para a direção do colégio sobre o uso de bermudas, usando como justificativa, a elevada temperatura, mas seu pedido foi negado.

A solução encontrada pelo aluno foi usar uma saia. A escola permitiu o seu acesso, mas afirmou que ele não poderia entrar novamente se não usasse roupa masculina.

Foto: Reprodução/Twitter @SilviaMarquez24

Em uma entrevista ao site Carlos Paz Vivo, o garoto afirmou que não gosta de usar a peça de roupa, mas optou por conta do clima. “Moro longe e está muito calor para usar calças compridas, então vim de shorts e, para entrar no colégio, coloquei a saia por cima”, disse.

O colégio deixou claro que Illia não será punido por sua ação. A diretora afirmou que perguntaram se ele tinha usado uma peça de roupa feminina por alguma questão de gênero. O estudante respondeu que não é o caso, e que o problema era só o calor e a proibição de bermudas.

A regra da proibição da bermuda é apenas responsabilidade do colégio, a diretora revelou que isso pode ser revisto, apesar de ninguém ter feito um pedido formal para isso.

A mãe do aluno afirmou que o garoto foi protestar de uma forma pacífica, sem causar dano a ninguém.

Com informações de G1

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui