O apresentador Marcos Mion marcou presença nas telas dos brasileiros na manhã desta quinta-feira ao participar do programa com Ana Maria Braga, pela primeira vez. Mion emocionou a todos com um discurso sobre sua vida em família e seu relacionamento com seu filho Romeo.

Marcos Mion é casado há 16 anos com Suzana Gullo e pai de três filhos, Romeo, diagnosticado com transtorno do espectro autista, Donatella e Stefano.

“Quando você vai ter um filho, ninguém ajoelha e reza pedindo que o filho venha autista, mas isso acontece, uma a cada 54 crianças nasce dentro do espectro autista. Quando o Romeu nasceu, descobri que a minha vida não era perfeita, mas ela estava prestes a se tornar mais perfeita possível dentro das imperfeições. Sem o Romeo, eu não seria metade da pessoa que sou hoje. O Romeu é uma lembrança diária que tenho que ser a melhor versão de mim porque ele merece. Tenho que ser a melhor versão pra chegar no nível dele.”, disse o apresentador emocionado.

Foto: Reprodução Globo

No ano de 2014, Mion decidiu tornar público o diagnóstico de Romeo, e ele e a esposa se tornaram defensores dos direitos das pessoas portadoras de autismo.

“Com meus outros filhos, a gente conversa de igual para igual. Para o Romeo, eu tenho que soltar tudo o que conheço e levar minha alma para o patamar da dele, e assim consigo falar algo que ele consiga entender. Eles têm uma pureza muito grande, mas o Romeo… se o amor tomasse a forma humana, é meu filho, os sentimentos são muito verdadeiros. Privilégio enorme conviver com alguém assim.”, continuou.

“Tem ministros que falam que eles atrapalham, que não deveriam ir pra escola. Meu filho me ensina, ensina todos que convivem com ele. Ele ensina valores que tornam pessoas ao seu redor muito melhor, nenhuma escola ensina isso. Ele precisa de ajuda para entender a nossa humanidade de sentimentos ruins que ele não possui e, para viver em sociedade, ele precisa entender essas coisas”, finalizou o apresentador.

Foto: Reprodução Globo

Em 2020, o Mion conseguiu aprovar no Senado, a Lei Romeo Mion, que cria a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea), que deve ser emitida de forma gratuita, sob responsabilidade de estados e municípios.

Foto: Reprodução Instagram

Com informações de GShow

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui