Jamie Lee Curtis não se abstém de comentar o que ela acha que é certo e errado. Aos 62 anos, a atriz já olha a vida com perspicácia e busca passar mensagens que possam servir às gerações futuras, principalmente pelas situações que viveu, especificamente com as cirurgias plásticas.

Aos 20 anos, Curtis passou por uma cirurgia plástica depois que um cinegrafista a criticou por ter “olhos inchados”. Sua intervenção a levou a um vício de 10 anos em analgésicos, do qual ela está sóbria há mais de 20 anos. É por isso que a atriz sempre tem algo a dizer sobre intervenções cirúrgicas, principalmente nesta geração em que se tornou muito popular.

Foto: Getty Images

Em uma entrevista à Fast Company, Curtis mais uma vez questionou os padrões de beleza irrealistas, bem como os procedimentos cosméticos que muitas mulheres jovens passam para alcançá-lo:

“A tendência atual de preenchimentos e procedimentos, e essa obsessão com filtros, e as coisas que fazemos para ajustar nossa aparência estão destruindo gerações de beleza”, disse a atriz de Knives Out. “Depois que você bagunça seu rosto, não consegue recuperá-lo”, acrescentou ela.

Foto: Getty Images

Além da cirurgia plástica que ela lamenta, Curtis fala abertamente sobre os vários tipos de procedimentos aos quais ela foi exposta no passado.

“Eu tentei cirurgia plástica e não funcionou”, continuou. Ela também mencionou que os procedimentos a “viciaram em Vicodin”, um fato que ela abordou no passado.

Hoje em dia, Jamie Lee Curtis se deixa ver do jeito que é e não fez nenhum novo tratamento e nem pinta os cabelos grisalhos: “Meu desejo é que os jovens olhem para mim com meus cabelos grisalhos e rugas e digam: ‘Que legal que você é quem você é’”, completou.

 

Com informações de UPSOCL

 

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui