Há acontecimentos que a gente escolhe, e acontecimentos que escolhem a gente. Há histórias que batalhamos para serem contadas, e histórias em que nos tornamos protagonistas da noite para o dia, sem tempo de decidir se queríamos participar. Tem momentos que torcemos para que se concretizem, e momentos que se realizam sem a nossa permissão, nos surpreendendo de forma positiva ou não. Tem vida que a gente reconhece, e vida que reconhece a gente.

Por mais que tentemos arquitetar, por mais que imaginemos controlar as velas, por mais que tenhamos todo roteiro de nossas vidas planejado e passado a limpo… ainda assim seremos surpreendidos. Ainda assim teremos que lidar com aquilo que a gente não decidiu, mas a vida decidiu pra gente.

Deus é especialista em reviravoltas. Nenhuma história chegou ao fim, nenhum enredo é definitivo, nada é absoluto, tudo é transitório. Você não “é”, e sim “está”. A vida é movimento; cheia de vírgulas, mudança de parágrafos, quebra de linhas. Não se afobe, esteja preparado para tudo, aproveite o momento presente. Nada está concluído ainda. Estamos de passagem, nada nos pertence.

Algumas vezes você vai sentir que pegou o trem errado. Que está se afastando da estação, distanciando-se cada vez mais do destino que planejou, sendo conduzido dentro de um vagão que corre para o lado contrário ao que você pretendia. E então, desesperado por causa do engano, você não enxerga que embarcou no melhor trem – muito superior àquele que você queria – e está sendo conduzido por uma paisagem centenas de vezes mais bonita. Sua indignação por ter tomado o trem errado supera sua capacidade de apreciação do momento e, lamentando sem parar, você deixa de reparar em toda sorte que a vida lhe dá.

Nada nos prepara para o que virá. Assim, é verdade que nem sempre o que está reservado para nós é a melhor viagem, no melhor assento, com vista para a paisagem mais exuberante. Porém, é o destino que nos cabe no momento. Dizem que “o que não é benção, é lição”, e concordo com a afirmação. Então, se o que está reservado a você é uma rota confusa, num vagão apertado e sem ventilação, embarque e acalme seu coração. Talvez a vida esteja só te desafiando a confiar. Deus é especialista em reviravoltas e, num piscar de olhos, tudo pode mudar…

Compre meu novo livro “Textos para acalmar tempestades” aqui: https://amzn.to/3wikbwN

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Escritora mineira de hábitos simples, é colecionadora de diários, álbuns de fotografia e cartas escritas à mão. Tem memória seletiva, adora dedicatórias em livros, curte marchinhas de carnaval antigas e lamenta não ter tido chance de ir a um show de Renato Russo. Casada há dezessete anos e mãe de um menino que está crescendo rápido demais, Fabíola gosta de café sem açúcar, doce de leite com queijo e livros com frases que merecem ser sublinhadas. “Anos incríveis” está entre suas séries preferidas, e acredita que mais vale uma toalha de mesa repleta de manchas após uma noite feliz do que guardanapos imaculadamente alvejados guardados no fundo de uma gaveta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui