Uma mulher dos Estados Unidos relatou recentemente que foi despejada de um voo por causa de sua roupa e peso. Quando Ray Lin Howard estava embarcando em um voo da Alaska Airlines, ela foi repreendida por um comissário porque sua blusa estava justa e mostrava parte de seu abdômen.

Isso foi relatado por Ray em suas redes sociais, onde seu caso rapidamente se tornou viral. “Eles me disseram que eu não podia me vestir assim e que era impróprio”, disse a mulher de 33 anos, que foi interrogada por policiais após descer do avião.

Ray Lin Howard

Nos vídeos publicados por ela, é possível ver o momento em que a polícia a leva para uma sala e pergunta o que aconteceu. Ela explicou que, quando estava dentro do avião, foi abordada por uma comissária de bordo que lhe pediu que vestisse a blusa de forma que cobrisse toda a barriga.

Ray tentava ajustar suas roupas, mas o modelo das vestimentas não ajudavam para que ela o fizesse de maneira eficiente. Por isso, a aeromoça a repreendeu três vezes por suas roupas, até que ela perdeu a paciência no meio da situação tensa.

“Eu disse a ela que se ele fosse me expulsar, faça. Eu fiz o que ela me pediu para fazer, mas eu queria que ela me deixasse em paz”, Ray disse a polícia.

Ray Lin Howard

O caso de Ray se tornou popular nas redes sociais, com mais de 2 milhões de visualizações. Isso levou a própria companhia aérea a apresentar um pedido de desculpas e anunciar uma investigação.

“Estamos empenhados em descobrir o que aconteceu e tomar as medidas cabíveis. Nosso objetivo é fornecer um serviço atencioso e, quando não estamos à altura desse objetivo, fazemos o possível para corrigi-lo”, disse a Alaska Airlines.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui