Esse ato foi uma demonstração perfeita de respeito pela natureza e pela fauna nativa que sofre com as mudanças das regiões urbanas.

A cidade é um completo reflexo da ação humana, e foi exatamente isso que os eletrotécnicos da RGE, em Santa Cruz, no Rio Grande do Sul, entenderam ao deixarem parte de um poste antigo que era base para um ninho de tucanos.

Os funcionários foram chamados para trocar alguns postes de madeira na parte urbana do município. Mas, no local eles perceberam que havia um ninho de tucano-do-bico-verde em uma das estruturas dos postes antigos.

Foto: Reprodução Vida que Importa

No ninho estavam alguns filhotinhos da ave. Os trabalhadores, além de tudo, também se depararam com uma linda cena de um tucano alimentando os pequenos.

Assim, eles resolveram buscar uma alternativa que juntasse o útil ao agradável e que causasse menos danos à pequena família.

Os funcionários removeram o poste antigo e guardaram a parte onde estava o ninho, acoplando no poste novo.

Foto: Reprodução Vida que Importa

“Em conversa por telefone, surgiu a ideia de serrarmos o poste velho, na altura do ninho, e fixarmos ele ao poste novo. Esta foi a alternativa encontrada para substituirmos o poste. Eliminando o risco de queda e minimizando o impacto ambiental desta situação um tanto quanto inusitada”, contou o responsável pela substituição, Joilson Brites Antunes.

E assim o fizeram, o resultado ficou ótimo, tanto para os tucanos, que continuaram no local habitual, quanto para os humanos que agora têm um poste novo.

Os técnicos também contaram que o tucano se afastou nesse momento, mas logo que o ninho foi colocado, ele veio checar se estava tudo bem com os filhotes que ficaram lá dentro.

No dia seguinte da alteração, o tucano já agia como se nada tivesse acontecido.

 

Com informações de Vida que Importa 

 

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui