Com a tomada do Taleban no Afeganistão, um grupo que claramente perdeu direitos foi o das mulheres.

É por isso que muitas mulheres no mundo expressaram solidariedade com todos os habitantes do país, entre elas a atriz Angelina Jolie, que abriu um Instagram para mostrar o que acontece por lá.

Mas aquelas que nasceram, foram criadas e educadas por lá, estão tentando agir de todas as formas e evitar que percam todos os direitos conquistados. Uma delas é Shamsia Hassani, uma garota de 33 anos que se dedica à arte de rua há pelo menos 10 anos de sua vida.

Instagram / Shamsia Hassani

Mas também, ela foi professora de artes plásticas e desenho na Universidade de Cabul, é claro, antes de o Taleban assumir o poder.

Instagram / Shamsia Hassani

Através da sua arte, ela tem-se dedicado a mostrar o que as mulheres sofreram, durante os anos de guerra do passado e agora, a opressão dos que tomaram o poder. Felizmente, a artista conseguiu deixar seu país e levar sua cultura para o mundo, na Índia, no Irã, Alemanha, Estados Unidos, Suíça, Vietnã, Noruega, Dinamarca, Turquia, Itália e Canadá.

Instagram / Shamsia Hassani

“Queria compartilhar minha arte com as pessoas na rua, porque sei que muita gente não pode ir a museus e galerias. Escolhi fazer graffiti porque quero compartilhar minhas ideias com as pessoas, quero trazer as mulheres para a sociedade. As pessoas têm uma ideia muito ruim do Afeganistão e quero mudar essa concepção com a minha arte.”, disse Shamsia Hassani ao The Creators Project.

Instagram / Shamsia Hassani

Para os acadêmicos, o trabalho de Shamsia dá às mulheres do Afeganistão uma face diferente e mostra seu desejo por uma vida tranquila, na qual possam realizar seus sonhos.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Tanto quanto sua arte exprime a cruel realidade que testemunhou, a coragem de Shamsia tem o perfil do espirito forte e resoluto que o mundo precisa conhecer, respeitar e aplaudir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui