Os videogames online são uma realidade há vários anos. E com a pandemia e as medidas de isolamento, eles tiveram um grande boom para aqueles que antes não eram tão assíduos a títulos como Fortnite, Call of Duty, Apex Legends , Valorant , entre tantos outros.

O governo da República Popular da China anunciou que o acesso a esses jogos será limitado a menores de 18 anos, para que eles só possam se conectar por no máximo três horas por semana.

Foto: Greg Baker / AFP / Getty Images

As normas já proibiam os menores de jogar on-line entre 22h e as 8h (horário local). Agora, será permitido jogar apenas “entre 8 e 9 da noite”, especifica o texto publicado.

Em princípio, a medida se aplica apenas aos videogames on-line, e não àqueles que não precisam de acesso à internet.

Foto: Pixabay

Conforme informado pelas autoridades governamentais, os menores de 18 anos não podem jogar mais de uma hora por dia, podendo fazê-lo apenas nos finais de semana, ou seja, sexta-feira, sábado e domingo.

Com isso, a China busca controlar os possíveis vícios que podem ser gerados entre os mais jovens. Na verdade, a internet é considerada pelo governo como um “ópio mental” que pode ter um efeito nocivo para as crianças, que são consideradas o futuro do país.

“Os adolescentes são o futuro do nosso país. Proteger a saúde física e mental dos menores é uma das prioridades vitais do nosso povo”, explicou o governo chinês.

O regulamento, sim, tem suas exceções. Durante as férias escolares, por exemplo, eles poderão jogar uma hora todos os dias. Um documento de identidade também será exigido para que possam se conectar.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui