É muito comum em regiões onde as áreas naturais são de fácil acesso a áreas residenciais, que os animais circulem perto das casas. Quem vive nesse tipo de local, sabe muito bem as orientações quando momentos como esse acontecem.

Foi o que aconteceu com Keira Mamakwa, uma mulher que trabalha em uma área de conservação indígena em Ontário, no Canadá, durante uma tarde enquanto caminhava perto de sua casa ela viu uma cena inédita:

Dormindo de costas em um colchão abandonado, estava um enorme urso preto.

Facebook: Keira Mamakwa

No começo ela ficou assustada. Mas, como uma boa especialista, ela sabia que se o animal ficasse com raiva, as coisas poderiam ficar realmente feias. Felizmente para ela, o urso estava confortável demais para se preocupar em persegui-la ou agredi-la de alguma forma:

“Os ursos por aqui podem ser palhaços. Ele até se sentou um momento e olhou para nós, como se dissesse ‘Você se importaria de me deixar descansar?’”, contou Keira para CTV News.

Facebook: Keira Mamakwa

Por mais cômico que fosse, Keira sabia que chegar mais perto, ou irritar o urso de qualquer forma, poderia ser uma péssima ideia. É por isso que ela preferiu tirar algumas fotos rápidas e depois deixá-lo sozinho o mais rápido possível.

Facebook: Keira Mamakwa

Principalmente se estamos falando de um animal que estava gostando tanto da calma, melhor não se intrometer na horinha do cochilo que ele tanto almeja.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui