O fato de que o contato com a natureza ajuda no desenvolvimento do aprendizado, qualidade de vida e saúde dos alunos já é muito conhecido por todo o mundo. Mas, nem todas as escolas introduziram essa técnica no método de ensino.

Essa novidade foi instaurada em uma rede pública de ensino na cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo. A prática está sendo chamada de “desemparedamento“.
As ‘salas de aula’ a céu aberto começaram a ser aplicadas depois da pandemia, para que os alunos ficassem em ambientes mais abertos e bem ventilados e a volta as aulas fosse mais segura.

Foto: Reprodução Prefeitura de Jundiaí

Porém, os resultados foram tão positivos que a gestão pública garantiu que a prática será adotada de forma permanente.

Todas as disciplinas são ensinadas em espaços abertos, com muita vegetação em torno dos alunos. A prefeitura inclusive construiu uma área exclusiva, chamada o ‘Mundo das Crianças’, para atividades lúdicas ao ar livre, que conta com uma casa da árvore, foguete, pomar, riacho, quadras, paredes de escalada e escorregadores, além de muita natureza.

Foto: Reprodução The Greenest Post

O Mundo das Crianças foi construído com o objetivo de que todas as turmas das escolas públicas da região a utilizem e também seja uma alternativa para as escolas que, em suas sedes, não possuem áreas verdes para aplicar o ‘desemparedamento’. Os complexos esportivos de Jundiaí também são oferecidos aos colégios como alternativa nesses casos.

Segundo a Prefeitura de Jundiaí, já são 108 escolas públicas do município que aderiram a prática. A iniciativa levou a cidade de Jundiaí a ser reconhecida internacionalmente pela organização Child Rights International Network.

Com informações de The Greenest Post

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Iniciativa duplamente positiva porque ao mesmo tempo que “desempareda” os alunos, estimula a plantação de áreas verdes ao redor das escolas, contribuindo com a noção de ambientalismo saudável para o corpo e para a alma, indispensável para todos nós.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here