O movimento foi criado para encorajar as mulheres a vestirem o que as deixam confortáveis e promover a liberdade de escolha. Quebrando paradigmas, a equipe de ginástica feminina da Alemanha optou por usar macacões de corpo inteiro nas eliminatórias das Olimpíadas de Tóquio.

A competição da equipe ocorreu neste domingo (25) e as atletas Sarah Voss, Pauline Schaefer-Betz, Elisabeth Seitz e Kim Bui usaram macacões vermelhos e brancos, que combinam collant e leggings que se estendem até os tornozelos.

As atletas haviam usado roupas semelhantes durante o treinamento na quinta-feira (22) e disseram que poderiam optar por usá-las novamente na competição.

Aos 21 anos, Sarah Voss, contou que a equipe discutiu a escolha do traje antes de competir no domingo e decidiu usar o macacão.

“Queremos ter certeza de que todas se sintam confortáveis e mostramos a todos que podem usar o que quiserem e ter uma aparência incrível, uma sensação incrível, seja em uma malha longa ou curta.”, diz.

A atleta também contou que a equipe visualiza a tendência se popularizando entre as outras atletas e países e está feliz por ser um modelo a ser seguido. A equipe de ginástica feminina da Alemanha também usou macacões de corpo inteiro no campeonato europeu em abril, em um movimento que visa conter a sexualização do esporte.

Para as mulheres, o traje padrão de competição é um collant, com opções de manga comprida, meia manga e sem mangas. As roupas que cobrem as pernas são autorizadas em competições internacionais, mas até hoje têm sido usadas quase exclusivamente por motivos religiosos.

Com informações de CNN

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui