Benjamin Olson, de 2 anos, mora em Minnesota, nos Estados Unidos, e passou mais de um ano sem sair de sua casa por conta da pandemia do coronavírus. No entanto, ele conseguiu fazer uma amizade inesperada com sua vizinha, chamada Mary O’Neill, que recentemente fez 100 anos.

Embora 98 anos de vida os separem, eles juntos mostraram que a idade não importa quando se trata de amizade.

Foto: Arquivo pessoal Sarah Olson

“Por mais de um ano, ele não viu outras crianças. Ele não interagia com ninguém, exceto a nossa família e Mary (…). Eles acabaram formando um vínculo incrivelmente forte.”, conta a mãe do garotinho, Sarah Olson.

Desde o nascimento de Benjamin, Mary está zelando por ele. Como as duas famílias permaneceram trancadas em suas respectivas casas, a senhora disse que a princípio o cumprimentou da janela, depois do pátio, até que já estivessem conversando atrás das grades que separam as duas casas.

Mary ficou viúva há 37 anos, então, segundo ela, “Benjamin me faz companhia (…). Às vezes ele se levanta, pega um pedaço de areia ou uma pedra e me dá de presente. Me faz sentir bem”.

Foto: Reprodução KARE 11

Há alguns meses, a vovó deu ao menino uma caixa de brinquedos antigos que ela guardou em casa por muitos anos.

Foto: Arquivo pessoal Sarah Olson

“Mary carregou este grande cesto de roupa suja cheio de brinquedos pesados de seu porão. Não tenho ideia de como ele fez isso. Mas ela trouxe aqueles brinquedos” , contou Sarah.

Para a mãe da criança, é muito emocionante que os dois possam ser amigos, principalmente pela quantidade de anos que os separam e pelas coisas que Mary falou sobre Benjamin.

“Fiquei muito emocionada quando a ouvi dizer que sentia falta de Benjamin nos dias em que estava muito frio ou chovia para sair”, explicou ela.

Foto: Arquivo pessoal Sarah Olson

Com certeza uma amizade muito preciosa que será lembrada para sempre!

Com informações de UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Laços de amizade são para sempre. Espíritos afins quando se reencontram, de imediato se reconhecem e se identificam no meio da multidão, não importa a faixa etária de cada qual, para ser felizes um pouco apenas que seja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here