Aos 26 anos, com um emprego estável que a deixava cansada e um relacionamento que já não era o mesmo após cinco anos de namoro. Linnea Schmelzer precisava mudar sua vida. Uma mudança radical, permitindo que ela aproveitasse cada dia novamente.

Foi assim que ela decidiu largar tudo e gastar 7.500 dólares para transformar uma van em uma casa móvel onde hoje ela roda pelas estradas com sua pastora alemã Akela, de cinco anos.

@linnea.and.akela / Instagram

Na van em que reside, atualmente em um deserto, Linnea não tem chuveiro, bomba d’água e nem mesmo banheiro. Ela usa os banheiros públicos ou simplesmente alivia-se na natureza. Ela está “perfeitamente feliz sem esses luxos” e sua nova vida em movimento a deixou totalmente animada. Linnea utiliza um ponto de acesso em seu telefone celular para se conectar a Internet e administra seu próprio negócio remoto.

@linnea.and.akela / Instagram

Além de contar com sua fiel companheira canina. Togo, que é o nome que recebeu sua casa móvel, também é extremamente importante nas aventuras. Linnea comprou a van em maio de 2020 por US $ 20 mil e investiu mais 7.500 para fazer dela, sua casa. Instalando os armários, espelhos, estrutura da cama e a eletricidade que usa.

@linnea.and.akela / Instagram

“Eu desfrutei da minha vida antes da van (…) Estava cheia de construir meu futuro, de passar um tempo com os amigos, de trabalhar no meu relacionamento com meu parceiro na época e de ser muito ativa em mais de uma forma (…) Mas vou dizer que estava animada por algo diferente e mais satisfatório. Eu sabia no meu coração que a minha vida não era exatamente o que eu queria que fosse (…) Queria que o Togo fosse uma pequena cabana. Eu sabia que passaria a maior parte do meu tempo sozinha e queria um espaço que fosse confortável, terreno e acolhedor (…) Eu realmente acho que é lindo que todos nós tenhamos diferentes definições de viver uma vida contente”, conta Linnea Schmelzer ao Daily Mail.

@linnea.and.akela / Instagram

A maior parte do equipamento que carrega e utiliza na parte externa da van, ela guarda embaixo da cama, considerando aquele lugar sua “garagem”. Lá, por exemplo, está sua bolsa de dromedário de 6 litros e uma “lona”, que usa para aquecer a água e se banhar.

@linnea.and.akela / Instagram

Dentro de sua casa, a aventureira também possui diversos materiais para sobrevivência, como sacos de dormir, arnês de escalada, tapete de ioga e halteres, combustível, água extra e também dois grandes recipientes cheios de roupas que usará no futuro.

“Akela está tão confortável na minha cama quanto na nossa tenda para duas pessoas no deserto (…). Ela é minha melhor companheira de viagem, e eu não consigo imaginar fazer nada disso sem ela (…) Ela é protetora também com a van e comigo mesmo, o que me deixa muito mais confortável sabendo que sempre me avisará do perigo (…) Adoro viver como eu. Eu valorizo meu tempo sozinha e na natureza “, relata Linnea.

@linnea.and.akela / Instagram

A pequena Akela também é muito importante em seus planos, por isso ela tem seu próprio colete salva-vidas, uma mochila e um colete refrescante para se preparar para qualquer ocasião. Juntas, elas visitam, além da área desértica, rios e cachoeiras. Linnea também ressaltou que os exercícios e uma alimentação nutritiva foram fundamentais para sua experiência de viajante.

@linnea.and.akela / Instagram

Com informações de UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Dá sim, pra entender a opção de Linnea mas tomara não seja pra sempre. Embora Akela seja “aquela” amiga inseparável e protetora, são ambas vulneráveis, sozinhas nesse mundo imprevisível. Fosse minha irmã ou filha, não gostaria de sabê-la como está, apesar da Internet, paliativo, apenas. Tudo bem mudar de forma radical, às vezes é preciso mesmo, mas nem todos vão olhar pra você com olhos de amigo, pai, irmão ou Deus. Não espere tanto assim de Akela, que não é Mulher Maravilha com este poder de salvar vocês, ela é frágil também. Tudo muito bonito, saudável e ecológico, Linnea, a gente torce por vocês, mas voltem logo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here