Infelizmente, ainda estamos lidando com a pandemia do coronavírus e os profissionais da saúde continuam batalhando incessantemente nos hospitais.

Diversos profissionais da saúde e funcionários do hospital realizam um trabalho que vai além do profissionalismo. É o caso de Júlio César, um fisioterapeuta da Bahia.

Júlio trabalha com amor, faz com que seus pacientes dancem, se movam e consequentemente, se distraiam. Ao contrário do que muitos pensam, esse método ajuda os pacientes a ganhar resistência física, mobilidade e outros benefícios para seus corpos.

Cada vez que o Dr. Júlio César chega, ele levanta os enfermos e os faz levantar os braços, cada um no seu ritmo e no seu limite.

Vários colegas, incluindo psicólogos, aplaudiram seu belo trabalho, valorizando-o por seus muitos benefícios.

Reprodução Instagram

O quarto do hospital do UPA da cidade de Paulo Afonso, na Bahia, onde Júlio trabalha, transforma-se numa festa de alegria e esperança!

Reprodução Instagram

A legenda da publicação do UPA, explica um pouco mais sobre a técnica: “Todo esse trabalho de cuidado e reabilitação é realizado pela nossa esquipe de Fisioterapia especializada, desde a fase inicial da doença até sua recuperação. Especialistas recomendam uso de Ventilação Não Invasiva (VNI) para reduzir intubação de pacientes Covid.”.

Conforme explicam os profissionais, esse tipo de terapia facilita a respiração e evita dificuldades, além de melhorar os níveis de oxigenação.

Mas, o que mais chama a atenção é a delicadeza com que Júlio César realiza seu trabalho. Nem todo mundo trabalha com tanto amor, principalmente em momentos complexos para os profissionais e para a saúde em geral. O Brasil vive uma situação difícil, mas esses vídeos trazem uma gotinha de esperança.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui