A empresa de água ‘Andea’ e a startup ‘Cirsys’ criaram o projeto sabonete “Awa”, com microorganismos que se alimentam dos poluentes dos rios da região. Inovação, tradição e meio ambiente no mesmo produto.

Muitas comunidades ao redor do mundo preservaram suas tradições e costumes. Um desses costumes, para os Incas, é a lavagem de roupas em rios. Porém, essa lavagem com o uso de produtos industriais e convencionais, não é saudável para a água dos rios, que fica poluída e prejudica o meio ambiente.

É por isso que uma empresa peruana decidiu fabricar sabonetes ecológicos, que ajudam a limpar rios por meio de microorganismos e faz com que as tradições do povo Inca prevaleçam no Peru.

Projeto AWA

A empresa de água Andea, em conjunto com a startup Cirsys, desenvolveu esta invenção, que traz um novo produto, que preserva o cuidado das tradições peruanas (e do mundo inteiro).

Projeto AWA

Esse novo sabonete libera partículas com probióticos, que descem os rios e liberam a água de poluentes. Conforme explicado pela empresa, a água em que o produto foi aplicado já foi limpa em até 75%.

“Infelizmente, o sabão em barra que eles usam nas roupas acaba indo para o rio e o contaminando. O maior problema é que os rios onde eles lavam as roupas são a sua principal fonte de vida, pois também é onde extraem água para beber, lavam a comida, e é também nos rios onde as crianças brincam. Isso faz com que a água que consomem fique suja, causando inconscientemente diversas doenças ou infecções estomacais”, destaca o projeto AWA em seu site.

Projeto AWA

As empresas levaram dois anos para descobrir essa fórmula de limpeza. Felizmente, a inovação vêm sendo distribuída gratuitamente para essas comunidades.

Com informações de UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here