A Americana Abbigail Bugenske, de 22 anos recebeu US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões aproximadamente) após receber a vacina da Covid-19. O motivo foi uma “loteria de vacinas” que ocorreu no Estado de Ohio.

A loteria, chamada Vax-a-Million, foi criada com o objetivo de atrair interesse dos habitantes para a campanha de vacinação no Estado. Programas de incentivos, semelhantes a esse, estão sendo muito comuns em diferentes cidades e Estados do país.

Nos Estados Unidos, todos os adultos já podem se vacinar e metade da população americana recebeu ao menos uma dose, mas a média de doses administradas por dia caiu consideravelmente no último mês.

Por isso e outros motivos, as campanhas de incentivo à imunização são muitos importantes.

Bugenske, a nova milionária, contou que ela tomou a vacina assim que chegou sua vez, antes da loteria ser anunciada. Mas depois, se inscreveu no sorteio. E se esqueceu completamente daquilo, até receber a ligação de que havia sido sorteada.

Abbigail Bugenske

Ela é estudante de pós-graduação em engenharia aeroespacial na Ohio State University e contou ao jornal The Washington Post que não tem planos de deixar o emprego. Quer doar parte de seu prêmio para a caridade e investir o restante.

“Eu incentivaria todos a tomarem a vacina”, disse ela ao New York Times. “Se ganhar um milhão de dólares não é incentivo suficiente, eu realmente não sei o que seria.”

A lista de iniciativas parecidas nos EUA é grande: que tal uma vacina no metrô em Nova York e, de quebra, ingressos gratuitos para atrações turísticas na cidade ou passagem livre no metrô durante uma semana?

Stefanie Dunahay, 39, e Matt Dunahay, 39, aguardam para receber a vacina contra o coronavírus no Centro Comunitário de Bradfield em Ohio em março de 2021

Além disso, o Estado da Califórnia distribuirá cartões pré-pagos com US$ 20 (R$ 105) e outros prêmios para as próximas 2 milhões de pessoas que se vacinarem. Trinta ganhadores receberão US$ 50 mil (R$ 261 mil) e dez pessoas extremamente sortudas vão ganhar não só anticorpos como também US$ 1,5 milhão (R$ 7,8 milhões).

Já em outros Estados como Colorado, Maryland e Oregon há iniciativas semelhantes. Algumas cidades estão distribuindo cerveja de graça aos vacinados. E no Estado de Nova Jersey o prêmio é… um jantar com o governador. O prêmio para se vacinar nos EUA virou moda.

Com informações de BBC

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Penso que Abbigail mereceu ganhar o prêmio, não porque tomou a vacina, mas porque manifestou a vontade de doar parte dele para a caridade, o que, convenhamos, não é tão comum assim entre ganhadores de dinheiro. Parabéns por isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui