A comunidade de Abra Pampa, cidade do extremo norte da Argentina, decidiu se unir para ajudar seus habitantes mais afetados pela pandemia e pela crise econômica; o município fornece os ingredientes e os cidadãos preparam voluntariamente pães caseiros de graça para entregar a essas famílias vulneráveis.

Acontece que a prefeitura local, em conjunto com a Secretaria de Ação Social, lançou uma iniciativa voluntária em que o objetivo é preparar pãezinhos e pães caseiros para dar às pessoas e famílias que passam por momentos difíceis na cidade.

Este projeto nasceu graças à vontade de diversos grupos de Abra Pampa, inclusive das instituições e centros de cada bairro da cidade. A crise de saúde tem afetado muito quem vive em situação de instabilidade financeira, por isso surge a iniciativa de ajudar essas pessoas com alguns alimentos caseiros.

Este programa terá início na próxima quinta-feira, dia 29 de abril, e terá a duração de um mês, com sessões quinzenais e sem necessidade de pagamento de inscrição. O município vai fornecer os insumos necessários para a fabricação do pão, como fermento, gordura, farinha e sal.

FB: Município de Abra Pampa

Para potencializar o espírito colaborativo deste projeto, os encarregados de ensinar a amassar e assar o pão são vizinhos de Abra Pampa e arredores, que se ofereceram para treinar seus conterrâneos e assim ampliar a rede de solidariedade local.

“Quero aprender a fazer pão caseiro para dar um futuro aos meus filhos. Todos que puderem devem participar”, comentou um dos vizinhos.

FB: Município de Abra Pampa

Um dos encarregados do ensino da técnica do pão caseiro também comentou: “Valorizamos muito mais a comida que preparamos, ficamos mais entusiasmados na hora de fazer a massa”.

O espírito de colaboração e genuína preocupação com o bem-estar da comunidade pode salvar vidas nessa pequena cidade!

Com informações de UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here