Por Marie Miguel

O ser humano é naturalmente um ser que busca conexões com os outros, que busca nutrir e criar relacionamentos. Dessa forma, levar uma vida de casal é comum, porém nem sempre fácil, possuindo as suas complexidades ao misturar sentimentos e expectativas de duas pessoas.

Um bom relacionamento é nutrido pela boa e constante comunicação do casal, pelo reconhecimento da emoção e espaço do outro, assim como também pela divisão de tarefas e responsabilidades. Amor é um ingrediente, mas o elemento secreto é saber cultivar o relacionamento a dois e estar presente não apenas nos bons momentos, como também nos mais difíceis.

Porém, é comum que, com o tempo, o relacionamento se desgaste, que o casal passe a ter dúvidas. Os principais hábitos que afetam a vida a dois são a crítica constante, o comportamento defensivo, sentimentos de desprezo e a impaciência quanto ao que o outro tem a dizer.

E o amor? Seria ele capaz de juntar um casal novamente? Seja por amor ou por compromisso, muitos casais passaram a encontrar a solução para seus problemas ao procurar terapias que se adequem à sua realidade. Em tempos de pandemia, muitas plataformas online que conectam pacientes e profissionais terapêuticos licenciados cresceram, como a MyTherapist, Assim, facilitou-se o acesso e garantiu que esses casais pudessem se reconectar e reconstruir suas relações.

Após a decisão pela terapia é reconhecida pelo casal, quais são os próximos passos a seguir? O importante é entender o que se busca e os objetivos que pretendem ser alcançados. Nesse caso, há várias técnicas de terapia de casal a serem levadas em conta, tanto pelo método que seguem, quanto pelos objetivos que elas propõem alcançar.

Aprender sobre as melhores técnicas disponíveis atualmente é um bom começo para encontrar o profissional correto para vocês.

As melhores técnicas de terapia de casal

1. Terapia de casal emocionalmente focada

Essa primeira técnica, também chamada de EFT (sigla em inglês para Emotionally Focused Therapy), é um aconselhamento de curto-prazo, que dura entre 8-20 sessões no máximo. A EFT é uma abordagem que baseia-se na ideia de que as emoções conectam os humanos, tendo enorme potencial para adaptação.

Tal aconselhamento funciona em 9 etapas que buscam reestruturar os laços afetivos entre o casal. O resultado é a re-adaptação do relacionamento baseado na “dependência efetiva”.

Ambos reconhecem o sentimento do outro de maneira igualitária, levando a um relacionamento mais saudável. Além disso, é uma técnica que ajuda o casal a fortalecer seus laços pela superação de emoções negativas.

2. Método Gottman para casais

O método Gottman foi criado pelo Dr. John Gottman e pela psicóloga Julie Gottman. Como um casal, ambos também enfrentaram suas dificuldades e elaboraram um método científico para ajudar outras pessoas vivendo em um relacionamento. O objetivo dessa técnica é ajudar o casal a resolver seus conflitos e discordâncias, em busca da construção de um relacionamento mais saudável.

De acordo com Gottman, existem 7 princípios que um relacionamento deve seguir para ser saudável, duradouro e feliz. Eles são baseados numa casa, que vai desde a sua fundação, construção até a sua manutenção. São eles:

1. Respeitar as diferenças
2. Demonstrar amor
3. Resolver os problemas
4. Emocionalmente reconhecer-se no outro
5. Expressar interesse
6. Gerir conflitos
7. Nutrir experiências e significados compartilhados

O método Gottman é bastante famoso pelo chamado “mapas do amor”, que ajuda a construir um bom relacionamento. É uma boa técnica para gerir conflitos e colocar o relacionamento a dois como o pilar mais importante. Na realidade, é uma técnica que pode ser incorporada à terapia de casal em qualquer momento, desde que o profissional seja devidamente treinado no método.

3. Psicologia Positiva para casais

A Psicologia Positiva é uma abordagem da psicologia que foca nos aspectos e sentimentos positivos da vida nas pessoas, como a felicidade, bem-estar e o equilíbrio tanto físico quanto mental. É uma abordagem que não é exclusiva para terapias em casal, podendo ser uma abordagem para sessões individuais também.

Assim, essa técnica foca nos sentimentos positivos do casal. Busca-se mudar a perspectiva do relacionamento e melhorar o entendimento quanto ao comportamento e sentimentos do cônjuge. Por esse método, o casal compreende melhor os motivos de estar em um relacionamento a dois e foca nos momentos positivos que compartilharam. Assim, o relacionamento prosperaria, visto que o casal nutriria sentimentos como gratidão e bem-estar que lhes lembram do motivo que os fez unir-se em primeiro lugar.

4. Terapia Narrativa

Essa técnica é bastante interessante para casais que gostam de histórias. Na terapia narrativa, busca-se ressignificar a história do relacionamento. Conta-se a história dos dois em forma de narrativa, colocando ênfase no que está acontecendo no momento.

O interessante desse método é que ele busca separar a história das pessoas. Objetiva-se demonstrar que a história é mutável, ambos podem e são responsáveis por reinventar seu futuro.

5. Aconselhamento de discernimento

O aconselhamento de discernimento é uma abordagem desenvolvida por Bill Doherty, um professor norte-americano da Universidade de Minnesota. Doherty desenvolveu essa técnica focando em casais em que um dos cônjuges não quer o divórcio, enquanto o outro está decidido por ele.

É um método também de curto-prazo, separado em duas etapas. Na primeira parte, o aconselhamento é feito de maneira individual. Após algumas sessões, a segunda etapa junta o casal novamente e lhes dá três opções: reconciliar, divorciar ou tentar a terapia de casal por seis meses e não decidir pelo divórcio nesse período.

O aconselhamento de discernimento é diferente das outras técnicas porque ele não busca resolver problemas, o seu objetivo é fazer o casal pensar se as soluções são plausíveis e se eles realmente desejam esforçar-se para dar certo.

Há inúmeras outras terapias de casal disponíveis a serem avaliadas pelo casal, essa foi apenas uma lista de cinco métodos que vão além de um terapeuta aconselhando o casal.

De qualquer maneira, o importante é estudar as opções disponíveis e também escolher os melhores profissionais que atuam no método escolhido, para que os resultados esperados sejam alcançados.

***

Marie Miguel Biography

Marie Miguel has been a writing and research expert for nearly a decade, covering a variety of health- related topics. Currently, she is contributing to the expansion and growth of a free online mental health resource with BetterHelp.com. With an interest and dedication to addressing stigmas associated with mental health, she continues to specifically target subjects related to anxiety and depression.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here