Infelizmente, o Brasil está longe de ter uma educação de primeiro mundo. A pauta nunca chega a ser a maior prioridade dos governos, mas nada disso impediu Lorran de realizar o seu sonho: estudar. Como não tem internet, o garoto de 13 anos monta no seu cavalo e percorre cerca de 2km para buscar o dever no colégio.

E prestem atenção no que ele disse sobre esse esforço: “Eu vou a cavalo para a escola, porque é o jeito que eu tenho de estudar. Estudar é o que vai definir o que você vai ser no futuro”, disse o aluno.

Lorran mora longe da escola, em Luizânia, Goiás e faz o trajeto a cada 15 dias porque a conexão de internet na sua casa é quase inexistente.

O jovem também aproveita a viagem para pegar o ‘kit alimentação’ que a escola distribui para substituir a merenda oferecida aos alunos.

Lorran cursa atualmente oitavo ano do ensino fundamental e quer ser agrônomo ou veterinário – ele ainda não decidiu. O garoto conta que gosta muito de estudar e que preferia ter aulas presenciais, porque pra ele ter mais contato com professores e alunos é mais importante. Mas ele entende a situação do momento de saúde que estamos enfrentando.

Parabéns, Lorran! Você é maravilhoso!

Com informações Bol
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here