Incríveis e maravilhosas mulheres indígenas abraçaram uma causa muito importante na Amazônia na parte equatoriana: restaurar uma parte floresta destruída, principalmente, pela exploração descontrolada de petróleo de grandes empresas. Pode parecer pouco, mas o que elas fizeram é uma benção.

Elas cultivaram cu150 mil árvores de espécies nativas e medicinais, cobrindo nada menos que 100 hectares da floresta. A ação começou ano passado e terminou agora em 2021, no mês passado.

A iniciativa partiu da ONG One Tree Planted, que ano passado incentivou o plantio de 1 milhão de árvores frutíferas em outro lugar, na Índia.

Com o plantio dessas árvores, grandes benefícios ecológicos são esperados para os próximos meses. Principalmente porque as árvores reduzem a temperatura do solo, e ainda ajudar a diminuir a erosão do solo, mantendo os rios limpos.

Além disse, o gesto de plantar as árvores permitiu que essas mulheres ganhassem uma renda e, consequentemente, aumentassem sua autonomia dentro de suas comunidades.

A Amazônia ainda é a maior extensão de floresta tropical do mundo, e é fundamental o plantio de mais árvores por lá, restaurando assim áreas verdes, protegendo a biodiversidade e principalmente contribuindo para redução do aquecimento climático.

“Estamos extremamente impressionados e gratos por trabalhar com pessoas e parceiros excepcionais como a Associação de Mulheres Sapara, “Ashiñwaka”. Este trabalho está em andamento com muito mais a fazer”, descreveu sobre a ONG One Tree Planted.

Isso é fazer o bem, é pensar no futuro dos nossos netos, de muitas e muitas gerações que virão depois.

Com informações ONG One Tree Planted
Foto: One Tree Planted

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui