A velhice deveria ser sinônimo de paz e descanso, mas filhos que abusam dos seus pais, deixando crianças com os avós para se eximir da responsabilidade, transformando suas casas em berçário só porque “nessa idade é idosos não têm nada pra fazer”.

Muitos de nós imaginamos a velhice como um período tranquilo da vida, que será quando aproveitaremos os frutos de tanto trabalho. Mas às vezes, para muitos idosos isso é meramente um sonho, já que eles são obrigados a trabalhar em casa, o pior de tudo, sem remuneração alguma.

Esse problema afeta particularmente as avós que dependem financeiramente de seus filhos para sobreviver.

E é aí que direta ou indiretamente elas são obrigadas a ajudá-los, tendo que cuidar dos netos enquanto os pais, seus filhos, trabalham. Chamam isso de síndrome da avó escrava e é algo grave que não é levado em consideração na maior parte do tempo.

A situação é que essas pobres mulheres que trabalharam toda a juventude, e agora são obrigadas a limpar, cozinhar e até cuidar dos netos o dia inteiro. No lugar de simplesmente passarem o tempo com eles, se divertindo, querendo ou não as avós acabam tendo toda a responsabilidade que deveria estar sobre o ombro dos filhos.

Há muito tempo foi divulgada a história de uma avó que foi chamada de gananciosa por cobrar pelo tempo que cuidava do neto. Algo que ela poderia fazer isso com todos os direitos do mundo, já que era seu tempo livre e ela poderia usá-lo como quisesse, mesmo que fosse “não fazendo nada”.

Nessa idade, trabalhar não tem nada de saudável, pelo contrário, ter que fazer tantas atividades que geram estresse em seus corpos é altamente prejudicial:

“Estar sobrecarregado de atividades das quais não pode abandonar gera um sentimento de culpa, que diminui sua autoestima, aumenta sua falta de concentração, pode gerar dores de cabeça, tristeza e desânimo”. Disse o geriatra Carlos Enrique Alfaro Díaz ao portal Norte Digital.

Happy man talking with cute boy standing by grandmother at home during Christmas festival

Obviamente, se tivessem opção, qualquer avó – ou a maioria delas, escolheria levar uma vida tranquila e os filhos deveriam levar isso em consideração antes de pedirem “um favorzinho” aqui e ali para seus pais.

O dever dos filhos é facilitar a vida das mães e pais idosos, afinal, eles cuidaram a vida toda de nós, por isso devemos nos conscientizar dessa situação.

Com informações Norte Digital
Fotos: Getty Images

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

2 COMENTÁRIOS

  1. Nem sempre são os netos que vem para os avós cuidarem. Há muita gente que depende financeiramente dos pais que viraram avós para a manutenção das crianças. Sobrecarregam os avós com dívidas, pensão e tudo o mais; se isentando da responsabilidade de criar os netos. Os avós acabam sendo explorados por uma geração que não assume seus atos e,em consequência disso,os avós acabam sendo explorados,como se isso fossem obrigação deles e não dos filhos que geraram os netos.

  2. Tenho uma única neta de 5 anos, cuidei dela no primeiro ano de vida dela. Não foi exploração e sim uma ajuda para q os pais pudessem trabalhar. Fui sim remunerada por isso por livre vontade da minha filha, ela tem condições financeiras pra isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here