Um artista sérvio, chamado Nikola Macura, está transformando armas usadas na guerra e os transformando em instrumentos musicais. Nikola defende que “o feio” pode se tornar “algo belo”. Um incrível gesto pela paz no mundo.

“As armas estão ao nosso redor. Estamos tão cercados pela destruição que não percebemos mais”, afirmou Nikola, que também trabalha como professor assistente na Novi Sad Academy of Arts, no próprio país sérvio.

Nikola cresceu bem no tempo em que a Sérvia encontrava-se no auge do conflito com a ex-Iugoslávia – Bósnia-Hezergovina, uma infeliz guerra que deixou uma quantidade enorme de ferro-velho no país: desde capacetes e rifles até outros objetos usados destruídos.

Convicto que iria transformá-los em instrumentos adoráveis, Nikola visitou diferentes ferros-velhos militares na Sérvia para coletar armas antigas.

Ele testou cada pedaço de metal para ver que tipo de som era capaz de produzir, e então levou os que tinham potencial para transformação. Ele conseguiu esse feito maravilhoso.

Por exemplo, Nikola transformou um velho balde do exército e uma bazuca em um violoncelo funcional e criou um violino com um kit de primeiros socorros – sim, com um kit de primeiros socorros.

Sua iniciativa acabou sendo batizada de “From Noise to Sound” – do barulho ao som – está ganhando força, com ampla divulgação nas redes sociais.

Agora, Nikola pretende montar uma orquestra inteira com equipamentos antigos e, em seguida, realizar a façanha de ter os veteranos guerra tocando os instrumentos transformados por ele.

“Meu objetivo é oferecer às pessoas que participaram da guerra uma chance de utilizar as armas que usaram para travar uma luta para criar música”, concluiu Nikola.

Abaixo, você confere um vídeo dele tocando um dos instrumentos e que está viralizando na internet.

Com informações Inspire More
Foto: reprodução instagram

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here