A jovem Siti Zainah, de 25 anos, alega que depois de fazer suas orações, uma rajada de vento a atingiu seu útero. 15 minutos depois ela sentiu seu estômago inchar e depois de uma hora ela deu à luz. A história teve forte impacto em sua cidade e agora a polícia local está investigando o assunto.

Siti deu à luz ao seu segundo filho, só foi consequência de nenhuma relação amorosa, segundo ela. O caso aconteceu na cidade de Cianjur, na Indonésia. Um estranho e curioso acontecimento.

Siti foi ao hospital mais próximo e uma vez na sala de parto, ela falou para os médicos que quando ela terminou suas orações naquela tarde, uma rajada de vento entrou pelo seus órgãos genitais e ela começou a sentir seu estômago inchar.

15 minutos depois, ela alega que começou a passar mal e foi direto ao pronto-socorro. Os médicos ficaram um tanto confusos porque acharam que era óbvio que ela estava indo porque precisava dar à luz, mas Siti diz que não tinha ideia de absolutamente nada.

O bebê nasceu saudável e sem complicações. Sua história rapidamente se espalhou pela cidade, até chegar ao conhecimento das autoridades, que foram visitá-la. Todos ficaram perplexos com o que a mulher contou, enquanto o diretor do hospital, Eman Sulaeman, comentava que poderia ser o caso não muito raro de uma gravidez enigmática que ocorre quando a mulher não sabe que está grávida até a hora do parto.

A polícia, por sua vez, iniciou uma investigação para esclarecer os fatos para esclarecer e terminar com os rumores que estão gerando notícias confusas no país inteiro sobre esta gravidez considerada antinatural.

Com informações e fotos Tribunnews Bogor

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here