Pesquisadores da Universidade Federal do Ceará divulgaram um estudo que mostra que o consumo diário de canela pode funcionar como um tratamento complementar no controle de diabetes tipo 2. O estudo foi inclusive publicado na conceituada revista científica do “Journal of the American College of Nutrition”.

Segundo o estudo, o consumo diário da canela é capaz de reduzir os níveis de hemoglobina glicada, glicemia em jejum e melhorar a disponibilidade da insulina na corrente sanguínea.

Para avaliar a eficácia da pesquisa, os cientistas realizaram um ensaio clínico, entre agosto e dezembro de 2019, com 140 pessoas com diabetes tipo 2, que frequentavam cinco Unidades Básicas de Saúde de Parnaíba, no estado do Piauí.

Os pacientes era de todos os sexos, com idades entre 18 a 80 anos, e que faziam uso medicamentos contra diabetes e registravam índice de hemoglobina glicada maior ou igual a 6,0%.

Eles foram divididos igualmente em dois grupos, sendo que o grupo experimental ingeriu diariamente 3 gramas, ou seja, quatro cápsulas de canela em pó durante cerca de três meses.

O outro grupo, como é normal em ensaios clínicos, recebeu um placebo durante o mesmo período.

Todos mantiveram sua rotina, alimentação e tratamento habituais e realizaram exames sanguíneos antes do início da pesquisa.

Após os três meses do início do estudo novos exames foram realizados com participantes, e os que ingeriram canela tiveram redução média de 0,21% nos índices de hemoglobina glicada, enquanto os que receberam placebo registraram aumento médio de 0,38% nos mesmos índices.

“Pacientes com diabetes já possuem alteração nesse índice, mas, com o tempo, pode-se avaliar se a resistência à insulina está piorando ou se mantém estável, com níveis aceitáveis para um bom gerenciamento da doença”, explica José Claudio Lira, principal autor dessa pesquisa super importante.

Lira ainda destacou que a canela é um produto muito prático para ser inserido no dia a dia do paciente, de baixo custo e sem efeitos colaterais registrados, o que é um fator fundamental, uma vez que uma dificuldade hoje é a baixa adesão das pessoas ao tratamento contra diabetes por conta dos caros remédios.

“Também é preciso ter em mente que não é apenas a canela, associada aos antidiabéticos orais, que trará todos os benefícios esperados para um bom controle da doença. É importante que os pacientes tenham um acompanhamento contínuo, uma dieta saudável e pratiquem exercícios físicos de forma regular”, ressaltou.

Com informações Agência Bori/UFC
Foto: Pixabay

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here