Estudantes de uma escola pública em São Paulo criaram uma alternativa totalmente sustentável a partir do cará, um tubérculo, para que deixemos de comprar utensílios descartáveis feitos de plástico, que resistentes ao tempo e ficam em decomposição na natureza.

As estudantes Manuella Cristina Rodrigues Gonçalves e Mariana Caciatore Cardoso, ambas de 17 anos, são alunas da Escola Técnica Estadual – Etec – Conselheiro Antonio Prado, que fica em Campinas, interior de SP, e estavam inconformadas com a quantidade de lixo após uma que festa que presenciaram com uma enorme quantidade de pratos, talheres e copos plásticos.

Depois de algumas pesquisas, elas desenvolveram um biopolímero a partir do amido extraído do cará-moela, que é uma espécie de tubérculo que nasce em uma planta trepadeira.

No resultado da pesquisa, as estudantes obtiveram um material com textura gelatinosa e estrutura semelhante aos produtos plastificados que se mostrou adequado para criar o projeto batizado de Bioutensílios.

De acordo com as alunas, a decomposição dos bioutensílios à base do vegetal ocorre em aproximadamente de seis meses, enquanto o plástico é comprovadamente mais demorado: podendo levar centenas de anos para desaparecer completamente do meio ambiente.

Com orientação da professora Martha Favaro, a projeto das estudantes do curso técnico de Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio, já foi apresentado como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), no fim de 2020.

O projeto delas inclusive foi premiado na 8ª Mostra de Ciências e Tecnologia do Instituto 3M, alcançando o segundo lugar na categoria Ciências Exatas e da Terra.

Manuella conta que a escolha da matéria-prima ocorreu após a análise de outros estudos pesquisados por elas que apontavam a existência de uma grande concentração de amido no cará-moela.

“Além de possibilitar um alto rendimento, a planta se reproduz com facilidade e o nosso processo de produção é bem simples, permitindo a criação de um material mais sustentável e de valor competitivo para substituir o plástico”, explicou a estudante.

Parabéns, meninas!

Com informações Governo de São Paulo
Foto: Divulgação

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here