A República do Palau, que constitui num aglomerado de ilhas no Oceano Pacífico e que foi o único país em 2020 a não sofrer com a Covid-19, agora também é conhecido por ser um dos primeiros a receber a vacina da empresa farmacêutica americana Moderna e começar a vacinar sua população.

As vacinações começaram no último domingo, de acordo com o Ministério da Saúde do país.

“Não é obrigatório receber a vacina, por isso nossa meta é vacinar cerca de 80% da população. Esperamos obter imunidade de rebanho por meio do programa de vacinação”, revelou o ministro da saúde, Ritter Udui.

Como na maioria dos países, profissionais de saúde, funcionários importantes e grupos vulneráveis ​foram os primeiros a receber a vacina da Moderna.

Sylvia Osarch, 60, médica geriátrica foi a primeira pessoa no país a ser vacinada:

“Fiquei animada em dar o exemplo para minha comunidade. Quero dizer à comunidade que tomei a vacina para protegê-los. Então, quando for a vez deles, por favor, tome para nos proteger, os profissionais de saúde”, contou.

Até o momento, Palau é o único país do mundo sem ter registrado qualquer caso do novo coronavírus ou mesmo alguma morte possível relacionada ao vírus, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Em janeiro do ano passado, quando o vírus começou a se espalhar pela Ásia e pelo Pacífico, Palau foi uma das primeiras nações a implementar controles mais rígidos em suas fronteiras.

Em março o país estava fechado e no mês seguinte, começou a campanha de testes na população.

“Temos sorte de estar em uma posição onde temos acesso às vacinas através do OWS, e nosso pequeno tamanho torna mais fácil para nós implantarmos o programa”, completou o ministro Udui.

Palau escolheu a vacina Moderna porque ela ter a vantagem de ser armazenada em uma geladeira comum, já que por exemplo, a da Pfizer, precisa ser estocada num freezer capaz de conservar 70 graus negativos.

Com informações CNN Internacional
Foto: Ministério da Saúde/Palau

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui