Por motivos óbvios, todos, sem exceção, fomos afetados pela pandemia. Da morte de um ente querido a problemas psicológicos, todos sentiram o impacto que a doença causou a humanidade.

Despedidas, portas fechadas, falta de perspectiva e sentimentos ruins fizeram do mundo um verdadeiro caos. O brasil, que sempre foi um país de “pessoas calorosas”, deu lugar a um forçado isolamento social. Parques, igrejas, cinemas, teatros, shoppings, estádios, lugares que recebiam milhares de visitantes por ano, fecharam suas portas. Chefes de família tiveram seus contratos de trabalho suspensos ou cancelados de forma definitiva.

Faculdades, escolas e creches também suspenderam suas atividades por tempo indeterminado. E ainda, pessoas foram acometidas com doenças psicológicas como depressão, ansiedade e síndrome do pânico. O mundo virou de cabeça pra baixo, e dessa vez, todo mundo percebeu…

No entanto, diante de tamanha tristeza, prefiro enxergar o que aprendi com tudo isso. 2020 literalmente foi um ano difícil, mas nos ensinou tanta coisa….

O ano nos ensinou que devemos dar mais valor à vida, aos momentos, e as pessoas que estão ao nosso redor. Nos ensinou o verdadeiro significado da palavra gratidão. Não a #gratidão das legendas de fotos, mas a sensação de ser grato por não faltar alimento, teto e cama quentinha pra dormir. Também, nos ensinou a selecionar as pessoas que devem ou não permanecer em nossas vidas e nos fez questionar de forma clara e cristalina quais serão nossos próximos passos. E por fim, nos ensinou que somos mais fortes do que imaginávamos.

Cá entre nós, se você está lendo esse texto, é porque está vivo….

Não veja a felicidade como algo palpável, é utopia. Felicidade para mim são momentos que proporcionam alegria e bem-estar. E isso, dinheiro não compra. Não pense que um dia você será feliz, por que você já é…

Deus/vida permitem que você passe por momentos difíceis para te fortalecer. Momentos ruins não te fazem infeliz, mas te ensinam a valorizar os bons momentos que virão
Talvez, sua vida não esteja do jeito que quer. Eu ainda não cheguei onde quero, mas sei onde quero chegar e tenho saúde para isso.

Espero que 2020 tenha te mostrado coisas que não conseguiu enxergar em 2019.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




Larissa Dias
Estudante de jornalismo, radialista por amor, escritora nas horas vagas. Adora dar boas risadas, costuma passar os domingos de pijama assistindo filmes e séries. Apesar de não curtir baladas, é incapaz de recusar uma rodinha de violão, e para pra cantar junto. Mesmo desafinada, garante que é simplicidade em pessoa.

1 COMENTÁRIO

  1. Verdade. 2020 fez super heróis de pessoas comuns que desconheciam seus poderes até que tsunamis as arrastassem. Convocou para a guerra aqueles que sempre desertaram das batalhas, a fim de revelar os vencedores que se recusavam ser. Cada um de nós, no mundo inteiro, se viu compelido à reforma íntima que vinha postergando em nome da falta de tempo e vontade. Quando o luto bateu à nossa porta ou na casa vizinha, descobrimos a fragilidade de que somos feitos e dobramos os joelhos, baixamos a cabeça, mais humildes, reverentes e solidários agora. Descobrimos a irrelevância do supérfluo e a importância do desapego de coisas e de pessoas acumuladas sem o valor real que deveriam ter. Realmente por algum motivo que ignoramos, fomos testados, revalidados e passados pelo fogo a fim de revelar, cada qual seu próprio brilho a fim de sermos quem realmente somos de verdade, sem máscara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here