O ano começou e reserva vários espetáculos nos céus. Ao todo serão 3 superluas, 4 eclipses em 2021.

O calendário astronômico será intenso em 2021 e com ainda mais chuvas de meteoros do que no ano passado.

Também estão na previsão do calendário de 2021 várias conjunções de planetas, que trarão espetáculos brilhantes e impressionantes para quem ama observar o céu.

Entre os quatro eclipses que acontecerão este ano, infelizmente apenas dois serão vistos na América Latina e parcialmente.

Dentre eles, o eclipse lunar total de 26 de maio e o eclipse lunar parcial marcado para o dia 19 de novembro.

Abaixo as datas dos eclipses:

26/05 – Eclipse lunar total
10/06 – Eclipse anular do Sol
19/11 – Eclipse lunar parcial
04/12 – Eclipse solar total

Já as superluas acontecerão nas seguinte datas:

08/04 – Superlua “Rosa”
26/05 – Superlua “Flores”
24/06 – Superlua “Morango”

E o “temporal” de estrelas cadentes no céu acontecerão nas datas:

22-23/04 – Líridas
6-7/05 – Eta Aquarídeos
28-29/07 – Aquarídeos delta
12-13/08 – Perseidas
07/10 – Draconídeos
21-22/10 – Orionidas
4-5/11 – Taurídeos do Sul
17-18/11 – Leônidas
13-14/12 – Geminidas
21-22/12 – Ursidas

Com informações CNN
Foto: Pixabay

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Ainda que, na prática, o fato de observar 3 superluas e 4 eclipses não mude o panorama dramático de pobres terráqueos mergulhados em seus intrincados problemas existenciais, epidêmicos ou não; ainda que não resolva os assuntos imediatistas das severas problemáticas humanas atuais, quem sabe, muitos se distraiam, deslumbrados com esses fenômenos no espaço extra terrestre, ainda que eles sejam incapazes de milagres, tão imprescindíveis quanto impossíveis, que sarassem os doentes, ressuscitassem os mortos e curassem paralíticos e cegos, porque nosso céu chamado Terra em nada se compara ao paraíso dos eleitos e bem aventurados, quiçá muito mais próximo de super luas e eclipses, onde nós, insignificantes pecadores ainda não merecemos habitar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui