O Reino Unido sem dúvida foi o país mais afetado pelo novo coronavírus, com 1,7 milhão de casos e mais de 60 mil mortes. Nesta segunda, o país anunciou que a vacinação popular contra a Covid-19 começará amanhã, terça, 8 de dezembro.

O governo britânico aprovou em caráter de emergência o imunizante desenvolvido pela farmacêutica americana Pfizer, em parceria com o laboratório de biotecnologia alemão BioNTech, antes mesmo da vacina de Oxford – que continua em testes.

Os primeiros vacinados serão idosos maiores de 80 anos e os profissionais de saúde que atuam na linha de frente contra o novo coronavírus, assim como também residentes e funcionários de asilos.

Os jornais britânicos Sunday Times e Mail on Sunday também informaram que a rainha Elizabeth II, de 94 anos, e o príncipe Philip, de 99 anos, deverão estar entre os primeiros da fila de vacinação por causa das idades avançadas, além de serem exemplo pra população confiar na eficácia da vacina.

O Sistema Nacional de Saúde britânico (NHS) informou que “hubs” de vacinação serão instalados em mais de 50 hospitais espalhados por todo o país.

Todos na torcida.

Com informações CorreioBraziliense
Foto: EFE

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here